Contatos adultos namoro

A minha waifu existe , mas agora a parte que ficaria no meio do primeiro post.

2020.06.10 22:08 Zaruvado A minha waifu existe , mas agora a parte que ficaria no meio do primeiro post.

Ohayo luba-sama , lindos editores , gatas , papelões (que descansem em paz) , possível convidado , e turma que está vendo ou ouvindo o luba. Essa história é uma "continuação" da história. Eu disse no post anterior (a minha waifu existe) que talvez um dia eu contasse o que aconteceu no meio da história , que senão ia ficar muito longa e tals. Um resumo não tão breve assim: eu estava no clube e vi uma garota que se parece com a minha waifu (vou chamar de Miku em homenagem à minha waifu , Nakano Miku de gotoubun no hanayome , eu sinceramente recomendo esse anime , Luba) e com o poder do ecchi a Miku caiu em mim de um jeito que eu entrasse e tocasse em TUDO dela (de um jeito um pouco adulto) e o meu amigo que tava junto ainda não esqueceu de me zoar com essa porra até hoje e depois eu tive que falar com a Miku e tals para entender que porra foi aquela e pegar os contatos para falar depois se desse alguma merda sobre aquilo e saber o que fazer depois daquilo , aí a gente virou amigos pelo gosto em comum e tals , mas , um pouco depois disso começa esse post.
Ok , lá estava eu , em um restaurante que tava indo pela primeira vez , mas com a minha família e tals para comemorar as minhas notas (na época eu tava no sétimo ano) e fui no banheiro para mijar (obviamente , pera , mas eu podia ter ido cagar... Deixa para lá) , mas tinha uma fila enorme e tinha um banco , e eu sentei nele (aqui se encaixa uma piada sexual) e depois de uns minutos vejo a Miku vindo para o banheiro (provávelmente) , mas a ela desmaiou e adivinha em quem. Sim , isso mesmo , em mim. EM MIM , AHHHHHH É SEMPRE EM MIM E SEMPRE TEM QUE TER A PORRA DO ECCHI , AHHHHHHH. Mas dessa vez com a boca em um lugar (R.I.P. meus testículos) e eu sai dali e deixei a Miku deitada no banco e chamei alguém para fazer o que tinha que fazer de primeiros socorros , e também fui procurar e avisar quem tava com ela e tals. Aí me falaram que foi de alguma coisa de pressão , não lembro se era baixa ou alta , mas sei que foi "bem de boas" e que podia ser bem pior , mas foi por bem pouco que ela desmaiou.
No dia seguinte tomei coragem (eu sabia que ia dar merda e que iam me zoar para o resto da vida) e falei que conheci uma garota que se parece com a minha waifu e tals para uns amigos meus da escola e de zoeira um "amigo" (aquilo não tinha uma boa intenção , sem dúvidas) falou para eu "me declarar" (aspas pq ela não tinha me atraído tanto para chamar de amor e me declarar) e aí como eu sou retardado eu decidi fazer e elevar "um pouco" o nível. Eu preparei um MOTHER FUCKER TEXTO DE DECLARAÇÃO para pedir ela em namoro no ano novo e eu esperava um fora épico e que eu ia ir embora rindo para um caralho (aqui se encaixa uma piada sexual). Mas como sempre tudo dá errado para mim e ela aceitou e eu fiquei sem palavras e ela chorando me abraçando e todo mundo vendo e cada segundo que se passava eu me sentia pior e mais desconfortável. E eu não ia falar que era uma pegadinha (até pq eu me dei bem) e senão ia dar merda para ela e ia geral rir dela e zoar , não que ela ligue para isso , mas eu só fui descobrir isso depois. E até hoje a gente tá junto (só até hoje mesmo , assim que ela ver , ela vai reconhecer e comer o meu cú por saber que era uma pegadinha) e depois eu comecei a gostar dela de verdade não só por ser igual à minha waifu , mas pelo humor , a cara fofa quando ela tá puta (respiração do gado décima terceira forma: ela é tão bonita quando fica brava) e várias outras coisas como gosto em comum ela é bonita e eu gosto dela (kawaii desu ne? Mimimi). Então , tchau e se der merda (denovo) eu atualizo o post ou faço outro , tanto faz.
Obs: Se você reconhece essa história , não sou eu , o OP nunca existiu e nunca existirá , esse post é um delírio coletivo.
Quem não conhecer a minha waifu olha a minha foto de perfil e vocês vão ver como ela é fofa e bonita.
submitted by Zaruvado to TurmaFeira [link] [comments]


2020.06.10 04:55 AYUmiMotohiro Oiii lubaaa oiii editores e oii possíveis convidados, bom, a seguir temos minha história. Bah sou sulista então se quiser fazer o sotaque agradeço

Título: Namoro abusivo, ou não.
Bom tudo começou quando conheci um garoto por um grupo de amigos, naquele dia começamos a conversar e trocar mensagens, realmente estávamos tendo uma amizade muito saudável, com o passar do tempo fomos nos aproximando muito, até que um dia começamos a namorar seriamente, no começo era tudo lindo e perfeito, trocamos carícias e apelidos fofos, ele se mostrava ser muito ciumento em relação aos meus amigos mas eu não me importava muito pois, achava aquilo normal (quem nunca sentiu um ciúminho kkkk) bom, o tempo foi passando e ele começou a mudar a maneira que ele se portava, ele brigava comigo por causas bobas, achava que sempre tinha razão (passei muitas noites chorando por essas coisas), ele fez eu me afastar de vários amigos e até mesmo amigas por ciúmes dele, ele queria atenção 24 horas por dia, as vezes também, ele brigava comigo de uma totalmente insensível e me fazia sentir culpada por todas as coisas, sendo que a maioria das vezes a culpa n era minha, eu toda boba gostava dele e continuava o namoro até que chegou no ponto de não aguentar mais e terminar com tudo, nesse dia do término ele falou que eu era uma pessoa horrível e só fazia mal pra ele, me chingou dos piores nomes possiveis, e eu apenas ignorei não querendo arrumar briga pois, já estava muito mal com o término, meses se passaram e ele torna a meandar mensagem pelo Facebook me chingando novamente e dizendo que estraguei a vida dele, eu apenas ignorava pós não queria voltar no passado e viver tudo aquilo de novo (obs: depois do ocorrido estava muito mal minha tia me levou ao psiquiatra e tive que aumentar a dose do remédio que eu já tomava) depois de algumas semanas eu desinstalei o Facebook, pois queria cortar todo o tipo de contato com ele, depois de alguns dias um amigo me mandou um print de um suposto perfil no Facebook que estava falando muitas merdas e postando conteúdos como nudes, fui ver o pefil, era um perfil fake que ele havia criado, ele se passava por mim e agredia verbalmente as pessoas e até mesmo meus amigos fingindo ser eu(perdi várias amizades com isso) ele também fazia publicações dizendo que apoiava aborto e estupro e postava pronta de fóruns de pedófilos, ele chegou a divulgar meu número em chats para adultos, se passando por mim claro, recebia várias mensagens de caras nojentos de todas as idades que chegavam mandando foto do biru bilu bilu, falei com minha tia sobre e ela foi comigo até a delegacia da minha cidade, onde registramos um boletim de ocorrência contra o mesmo,hoje não tenho mais contato com ele, mas ainda tenho alguns surtos psicológicos e recaídas por conta disso, pois fui exposta e julgada por várias pessoas por estar fazendo algo que nem era eu que estava fazendo.
Então guys sou babaca por não ter terminado o relacionamento antes?
É isto bjos gente =30 <3
View Poll
submitted by AYUmiMotohiro to TurmaFeira [link] [comments]


2020.06.07 16:18 AYUmiMotohiro O namorado que me destruiu

Bom a seguir temos uma história minha bah.
Sub Título: Namoro abusivo, ou não.
Bom tudo começou quando conheci um garoto por um grupo de amigos, naquele dia começamos a conversar e trocar mensagens, realmente estávamos tendo uma amizade muito saudável, com o passar do tempo fomos nos aproximando muito, até que um dia começamos a namorar seriamente, no começo era tudo lindo e perfeito, trocamos carícias e apelidos fofos, ele se mostrava ser muito ciumento em relação aos meus amigos mas eu não me importava muito pois, achava aquilo normal (quem nunca sentiu um ciúminho kkkk) bom, o tempo foi passando e ele começou a mudar a maneira que ele se portava, ele brigava comigo por causas bobas, achava que sempre tinha razão (passei muitas noites chorando por essas coisas), ele fez eu me afastar de vários amigos e até mesmo amigas por ciúmes dele, ele queria atenção 24 horas por dia, as vezes também, ele brigava comigo de uma totalmente insensível e me fazia sentir culpada por todas as coisas, sendo que a maioria das vezes a culpa n era minha, eu toda boba gostava dele e continuava o namoro até que chegou no ponto de não aguentar mais e terminar com tudo, nesse dia do término ele falou que eu era uma pessoa horrível e só fazia mal pra ele, me chingou dos piores nomes possiveis, e eu apenas ignorei não querendo arrumar briga pois, já estava muito mal com o término, meses se passaram e ele torna a meandar mensagem pelo Facebook me chingando novamente e dizendo que estraguei a vida dele, eu apenas ignorava pós não queria voltar no passado e viver tudo aquilo de novo (obs: depois do ocorrido estava muito mal minha tia me levou ao psiquiatra e tive que aumentar a dose do remédio que eu já tomava) depois de algumas semanas eu desinstalei o Facebook, pois queria cortar todo o tipo de contato com ele, depois de alguns dias um amigo me mandou um print de um suposto perfil no Facebook que estava falando muitas merdas e postando conteúdos como nudes, fui ver o pefil, era um perfil fake que ele havia criado, ele se passava por mim e agredia verbalmente as pessoas e até mesmo meus amigos fingindo ser eu(perdi várias amizades com isso) ele também fazia publicações dizendo que apoiava aborto e estupro e postava pronta de fóruns de pedófilos, ele chegou a divulgar meu número em chats para adultos, se passando por mim claro, recebia várias mensagens de caras nojentos de todas as idades que chegavam mandando foto do biru bilu bilu, falei com minha tia sobre e ela foi comigo até a delegacia da minha cidade, onde registramos um boletim de ocorrência contra o mesmo,hoje não tenho mais contato com ele, mas ainda tenho alguns surtos psicológicos e recaídas por conta disso, pois fui exposta e julgada por várias pessoas por estar fazendo algo que nem era eu que estava fazendo.
É isto bjos gente <3
submitted by AYUmiMotohiro to desabafos [link] [comments]


2018.12.23 18:20 edesio11 Não tenho motivos para continuar vivendo

Estou desabafando pra vocês pois acho que preciso de ajuda, nunca comentei nada sobre isso com ninguém.

Tenho 19 anos. Quando pequeno, sempre fui um garoto caseiro, jogava muito videogame então raramente saia com uns amigos, sempre fui tímido também. Com o passar dos anos, a falta de contato com eles e minha timidez me afastou um pouco da sociedade, enquanto o pessoal se divertia eu sempre fiquei em casa, então a partir dos 14, 15 anos, o pessoal foi se divertindo, começaram a namorar, perderam a virgindade, e eu continuei a mesma criança de sempre, hoje estou prestes a fazer 20 anos, ainda BV, não sei me comportar como adulto com mulheres e amigos, tenho vergonha de sair por causa disso, até tenho amigos, sei que sou visto como uma pessoa legal, "gente boa", mas ao mesmo tempo todos me veem como um fracassado, que ainda é virgem, não sai com amigos nem nada.. Meus únicos amigos próximos hoje são uns amigos do meu estágio, todos sabem que sou virgem/BV, pois eu brinco com isso e falo como se não eu não ligasse pra isso, mas no fundo penso nisso todos os dias.. Basicamente tenho vergonha de sair de casa porque não sei viver na sociedade, não tenho experiências legais pra dividir, o pessoal começa a conversar sobre namoro, sexo, e tal e eu já me sinto mal, pois não tenho o que falar.. Hoje eu só saio pra trabalhar e fico em casa o dia inteiro, fico no pc jogando, assistindo vídeos, ouvindo música, mas já estou enjoado de tudo isso, me deito várias vezes ao dia por tédio, pensando em como joguei minha vida no lixo. Ano passado entrei em uma faculdade, mas saí no começo desse ano. Desde o ensino médio, eu parei de apresentar seminários, mesmo ficando sem nota, pois eu tinha vergonha de falar em público por ter vergonha, não só a vergonha de falar em público, mas a vergonha de mim, como pessoa. Eu sabia que não ia conseguir fazer tcc por esses motivos, e também não me identifiquei com o que escolhi, por isso saí. Mas não me desmatriculei pra poder continuar no estágio. Faço estágio em uma escolinha infantil, o que foi uma experiência espetacular pra mim.. Me apeguei muito as crianças, e isso me motivou bastante.. E eu me divirto bastante com o pessoal do trabalho.. Está tudo meio confuso na minha explicação, acredito.. Eu faço amizades fácil, me divirto com os outros estagiários e funcionários da escola, brinco bastante, (tirando um dos estagiários, são todos acima de uns 28 anos.) Todos me consideram bastante, mas todos sabem que sou aquela pessoa virgem, que não sai de casa, acredito que imaginam que sou depressivo e tal.. Sei lá, eu to escrevendo tudo que vem na minha mente, o que eu penso eu escrevo, talvez esteja repetindo algumas coisas ou sei lá.. Enfim, agora estou de férias, então eu to todo dia em casa sem fazer nada, tento escapar as vezes, ir na casa da minha mãe e o marido dela, mesmo não gostando muito dele, tudo pra escapar dessa minha solidão.. Estou sem ambições, acredito que nunca vou ficar ou namorar com ninguém, também não tento pois tenho vergonha de não saber beijar, transar.. Não tenho vontade de fazer faculdade, por vergonha de conviver entre os jovens sendo quem sou, também pelo motivo do tcc, que sei que não vou conseguir fazer.. Não tem algo que me motiva a viver, as vezes tenho medo de isso tudo piorar e eu ter coragem de cometer suicídio, não quero fazer isso pois eu penso na minha família e sei como ela ficaria mal com isso, sei que se isso acontecesse poderia deixar meus pais depressivos e tal, não sei.. Como diz a música do supercombo, estou vivendo no "piloto automático", só fazendo o que tenho que fazer sem nenhum motivo pra viver. Sei que isso tudo pode parecer frescura, mas eu realmente estou mal e sinto que estou perdendo minha vontade de viver.
submitted by edesio11 to brasil [link] [comments]


2017.12.15 15:42 jecagado [Leitura Obrigatória] Resolvi fazer um textão.

Hoje em dia me sinto incapaz.
Não é zoera nem nada do tipo, é que ... Eu lembro que aos meus 8/9 anos de idade, eu já sabia fazer muita coisa em que as pessoas diziam que eu não era capaz.
Jurista americano defende que o regime nazista impediu que os cidadãos se armassem, e que essa medida facilitou a perseguição aos judeus
E apoia sua posição em uma pesquisa que comprova: o governo alemão de Adolf Hitler temia ações populares e fez de tudo para desarmar potenciais adversários do regime, ou pessoas que o Terceiro Reich pretendia perseguir. Ele é um dos mais importantes defensores, nos Estados Unidos, da Associação Nacional de Rifles (NRA, na sigla em inglês), e já advogou, dentro do Congresso americano, a favor do argumento de que a posse de armas é um direito de todo cidadão – afirma isso com base na Segunda Emenda da Constituição do país, que diz: “Sendo necessária à segurança de um Estado livre a existência de uma milícia bem organizada, o direito do povo de possuir e usar armas não poderá ser infringido”.
Sempre tive um bom conhecimento em informática pra minha idade, aos 13 anos eu já conseguia fazer muita coisa com o PC, que muito marmanjo nem sonhava. Eu parecia aprender com muito mais facilidade na infância, hoje as coisas se tornaram um pouco mais difícil. Essa semana eu fui em uma convenção dessas 'nerds' que acontecem por ai, e vi muitas crianças agindo feito adultas. Vi alguns casais homo afetivos, onde a mulecada não aparentava ter mais do que 14 anos (absolutamente nada contra). O que eu quero dizer é que, a falta de contato com o mundo (isso na época onde eu vivi a minha infância/adolescência), me fez acreditar que eu era incapaz de fazer o que eu queria, mesmo eu sendo completamente capaz, entendem ? (e não eu não estou falando de dar o brioco UAHUAH) Lembro que queria fazer um curso de Técnico em informática aos 12/13 anos de idade, ouvi: "Não, você é muito novo pra essas coisas!" Aos 15 quis entrar pra uma academia; "Não seu corpo ainda não está formado ainda!" Aos 16 obtive meu emprego, fiquei MUITO FELIZ, 6 meses depois: "Não, você não precisa trabalhar agora, vai estudar!" (fui obrigado a largar o emprego por escolha dos meus pais) Hoje eu estava avulso no Youtube, e vi um video de uma garota "rebelde" por nome de Danielle Bregoli, conhecida como Bhad Bhabie, uma "trapper" americana de 14 anos, que viralizou ano passado no Youtube, chamando não só a platéia, como a mãe pra briga no meio de um palco de um programa televisivo (desses tipo a "Super Nanni") Após viralizar, ela ganhou muitos seguidores no Instagram, e aproveitando a "fama" repentina, ela resolveu lançar algumas musicas no youtube, e alguns de seus videos (desse ano) chegaram a marca de 52 milhões de vizualizações. Tudo isso com 14 anos de idade. Isso me fez pensar que, o contato com o mundo através da internet, faz a criança /adolescente crer que ele é mesmo capaz de fazer certas coisas as quais os adultos ao seu redor, estão a todo momento os limitando. Toda aquela proteção criada em torno das pessoas com seus respectivos filhos, são mesmo necessárias ? Por que não apresentar o mundo logo para as crianças, ao invés de criar toda uma blindagem a cerca da criança ? Digo ... Eu tenho 23 anos de idade, e eu juro pra vocês que eu estou tendo contato com as pessoas /mundo nessa época da minha vida, eu to começando a entender o que é a vida. As vezes eu me sinto como um adolescente de 15 anos idade de hoje em dia.
Mas a obra também descreve e analisa a legislação alemã, desde o fim da Primeira Guerra Mundial até o auge do Terceiro Reich, que aprovou uma lei de 1938 formalizando a caça a qualquer cidadão que ainda tivesse armas. Nos idos de dezembro de 1922, eu havia conseguido estocar, fora de Munique, quinze metralhadoras Maxim, mais de duzentas granadas de mão, 175 rifles em perfeito estado e milhares de cartuchos de munição”. “No entanto, quantas histórias individuais poderiam ter sido escritas de outro modo?” Afinal, ele afirma em eu livro, “os próprios nazistas viam os judeus armados como suficientemente perigosos para minar sua estratégia de desarmá-los.” Leia a entrevista com o jurista Stephen Halbrook É possível comparar a política de controle de armas do Terceiro Reich com as regras adotadas nos países democráticos do século 21? Manter registros é uma política similar à realizada na Alemanha nos anos 1920, e os nazistas se aproveitaram dessas listas em 1933, quando chegaram ao poder. Nos séculos 19 e 20, o país manteve uma milícia armada, e todos os seus membros – cidadãos civis livres – precisavam manter armas em casa e estar prontos para se mobilizar com agilidade.
Bom, tudo começou quando conheci uma menina no tinder e de imediato rolou uma reciprocidade no aplicativo. Resolvemos passar a conversa no wpp, se conhecer melhor e até marcar um encontro. Ficamos mais ou menos 1 mês conversando sem parar, até surgir o primeiro desintendimento e logo no dia que ela estava mais sensível. Pedi desculpas pelo que eu fiz, ela me perdoou e fomos voltando ao normal aos poucos, quando me dei conta aquela paixão de antes no tinder virou uma amizade. E ficamos assim mais ou menos uns 3 meses, saímos algumas vezes, mas era só uma amizade. O tempo foi passando e percebia que cada vez mais os nossos pensamentos e ideais se combinavam. Nisso comecei a sentir uma atração forte por ela e um desejo de ficar com ela, de ter ela na minha vida. Fui até ela eu disse o que queria, que queria um relacionamento serio com ela. Porém ela disse que era para a gente ir com calma, sem apressar as coisas e ver no que ia dar. Então eu aceitei a resposta dela e ficamos juntos como ficantes, não era apenas uma amizade, mas também não era um namoro, pois havia sentimentos profundos envolvidos. Depois disso passei a frequentar a casa dela, os pais dela mostravam que gostavam de mim e isso me deixava feliz. Estava tudo lindo e maravilhoso, até eu saber ontem que os pais dela falaram muito no ouvido dela, dizendo que a gente não assumia logo, que eu não queria nada com ela, que por eu não ter faculdade não quero nada com a vida. Logo que ela terminou de falar comigo sobre isso, fiquei chateado e puto ao mesmo tempo.
Se você é pai, cara, aproveita o potencial do teu filho. Para de tentar criar uma blindagem de mundo perfeito pro seu filho, porque o mundo não é perfeito. Essas crianças que apoiam o Bolsonaro por ai, não passam de um bando de frustrado ... É mais do que claro que essa molecada vive sob um estado de blindagem criado pelos próprios pais em seus condomínios fechados (eu tenho certeza disso). Ahh ... não sei nem mais o que escrever ... Perdão pelos erros 'hortográficos', to sem paciência até pra redigir um texto bem elaborado.
Então ela fala para mim que devido a isso ela quer dá um tempo, porque está cansada de ouvir os pais falando no ouvido dela. Eu entendi a situação dela, mas e a minha? Será que ninguém liga para os meus sentimentos? Eu sinceramente não sei o que fazer com essa situação toda. Eu quero ficar com ela, mas parece que está ficando complicado. Adoraria ouvir os seus conselhos em relação a este meu caso. Obrigado a todos que leram!
TL;DR : Eu sinto que as crianças são muito subestimadas, até mais do que deveriam, então resolvi fazer um textão.
*Edit: Ajeitei os parágrafos
submitted by jecagado to circojeca [link] [comments]


Namoro sem sexo O primeiro encontro mais lindo do mundo! Namoro à ... BEIJO EM VÍDEO Mejor Pelicula de Amor y Romance - Peliculas Completas en ... ADOLESCENTES VS ADULTOS - NAMORO, FANDOM E... 'Diversão ... YouTube Camila Barros - Você Não Precisa Ficar Sozinha - Missionária Camila Barros Cansei Do Meu Namorado. 10 COISAS QUE SÓ OS ADULTOS PERCEBERAM EM FROZEN - YouTube

  1. Namoro sem sexo
  2. O primeiro encontro mais lindo do mundo! Namoro à ...
  3. BEIJO EM VÍDEO
  4. Mejor Pelicula de Amor y Romance - Peliculas Completas en ...
  5. ADOLESCENTES VS ADULTOS - NAMORO, FANDOM E... 'Diversão ...
  6. YouTube
  7. Camila Barros - Você Não Precisa Ficar Sozinha - Missionária Camila Barros
  8. Cansei Do Meu Namorado.
  9. 10 COISAS QUE SÓ OS ADULTOS PERCEBERAM EM FROZEN - YouTube
  10. Película Dominicana Sexo Entre Compadres - YouTube

Contatos Profissionais: [email protected] Category Entertainment; ... A PRIMEIRA VEZ EM UMA CASA PARA ADULTOS E VAMOS TER FILHOS? ( ͡° ͜ʖ ͡°) - Duration: 7:30. Constanza Films Serie 53 SI NOS QUIERES APOYAR LO PUEBES HACER AQI 👇👇👇👇👇👇👇👇👇👇👇 https://www.patreon.com/constanzafilms053 paypal.me ... Os TÉRMINOS de namoro por WHATSAPP mais CONSTRANGEDORES *nunca mais vou namorar* - Duration: ... ADOLESCENTES VS ADULTOS - NAMORO, FANDOM E... 'Diversão' ( ͡° ͜ʖ ͡°) ... Phim tình yêu và lãng mạn hay nhất - Phim đầy đủ bằng tiếng Tây Ban Nha Latin mới 2019: https://www.youtube.com/playlist?list=PLyc8UifZ ... Camila Barros - Você Não Precisa Ficar Sozinha - Missionária Camila Barros Inscreva-se em nosso canal no YouTube: https://www.youtube.com/c/AmadurecendoemJes... A animação Frozen: Uma Aventura Congelante é muito popular entre crianças, adolescentes, jovens e adultos, e com boas razões. Quer saber quais? Confere o víd... MANO ASIUHDSUHAE, mas, falaí, tu é adolescente ou é um adulto já? REVELANDO OS SEUS SEGREDOS DE FAMÍLIA medo: https://youtu.be/gnIkXU8uqNw @morimurando Namoro sem sexo? Nós vivemos? É possível? Tem contra indicação? E p/ quem já vive o sexo no namoro? Castidade é utopia? Essas e outras respostas! Nossas redes sociais: FACE: Déia: https ... Desfrute dos vídeos e da música que adora, carregue conteúdo original e partilhe-o com amigos, familiares e o mundo no YouTube. (English subtitles)Voce quer me mandar algo? agora voce pode! Endereço no Brasil: Rua Santa Edwiges nº 158 A Bairro: Teodoro Condé Cidade:Ressaquinha - MG CE...