Eles como se questionário

Eu sou uma anta

2020.10.08 20:26 bossauro Eu sou uma anta

Com as aulas da faculdade acontecendo remotamente, minha ansiedade e desatenção estão num nível nunca antes visto. Tenho tido muita dificuldade em prestar atenção nas aulas, e, principalmente, realizar as atividades extra-sala, como trabalhos e atividades, e meu desempenho acadêmico tem piorado vertiginosamente.
Mas hoje foi para COROAR.
Numa disciplina obrigatória do meu curso, sobre um assunto que eu já não gosto, tive o azar de ter aula com um professor HORRÍVEL, que mal liga pros alunos, é péssimo na explicação e NÃO PARECE ENTENDER QUE TEM DELAY quando você fala durante o Zoom. Todas as vezes que ele fazia uma pergunta, nem esperava um ou dois segundos, o que ainda seria muito pouco para uma pessoa abrir o microfone, falar e ele ouvir, e ele JÁ ESTÁ FALANDO novamente, normalmente reclamando que ninguém está respondendo ele.
Com o estresse acumulado do semestre, a pancada de atividades de outras matérias e a vida pessoal que também está horrível, tirei umas semanas de folga dessa aulinha de merda. Pois hoje, em meu retorno triunfal, abro o grupo da sala, que também havia negligenciado nos últimos dias, pois só queria distância da faculdade esses tempos, para pelo menos colocar a cabeça em dia, e vejo o pessoal discutindo a respeito de uma prova.
Como eu tinha feito provas de outras disciplinas durante esses últimos dias, achava que se tratava apenas dessas provas. Mas não, era da prova do abençoado, que ele passou há uma semana atrás E EU NEM SEQUER TOMEI CONHECIMENTO. NEM PRA FAZER E TIRAR ZERO. NEM PRA ACERTAR UMA NO CHUTE. NEM PRA COLAR TUDO.
Abri o site em que ficam os questionários e atividades da faculdade e vejo lá a merda da prova. Nem posso fazer mais o questionário e vou ter que tirar 10 na outra, pois ele não passa atividades (o que até é bom porque me conhecendo no EAD, nem fazer eu iria), nem trabalhos (esse aí eu faria), e tem somente as provas como ferramenta avaliativa.
Eu tô muito puto comigo mesmo. Fica aqui meu desabafo.
Edit: digitei umas coisas errado.
submitted by bossauro to desabafos [link] [comments]


2020.09.29 17:05 Vedovati_Pisos Marketing Digital para Academias: Dicas para conquistar e fidelizar alunos

Com tantas opções de academias, fica realmente difícil se posicionar no mercado e atrair novos clientes. Neste post, trago algumas estratégias de Marketing Digital para conquistar e fidelizar clientes.
Os motivos pelo baixo número de matrículas ou pela desistência são muitos e seria impossível destacá-los um por um. No entanto, as estratégias que cito abaixo abordam as situações mais comuns que ocorrem nas academias.
Levando em consideração o fato que sua academia já possui uma boa estrutura, boa localização e de preferência um estacionamento – aprenda, no parking, no business (sem estacionamento, sem negócios) – vamos falar dos principais pontos a serem implementados para sua academia atrair e reter pessoas, pois nada adianta receber um grande número de matrículas e no outro mês perder metade dos alunos.
Digo boa estrutura, pois é o básico para dar suporte total aos alunos, a boa localização é um requisito importante, mas caso não seja um ponto forte, podemos contornar com uma boa estratégia de localização por meio da Internet, já o estacionamento é um plus que sua academia deve oferecer para facilitar a vida dos alunos.
Seja Encontrado (Conquistar)
Parece óbvio, mas muitos não fazem. Utilizar o Google como fonte de pesquisa é que o várias pessoas interessadas no seu negócio estão fazendo todo dia, toda hora, inclusive agora. São cerca de 16,5 milhões de pesquisas mensais relacionadas à ginástica, fitness, musculação, pilates etc. Se você não está inserido nesse meio, você está perdendo milhares de oportunidades. Então vamos ao que interessa.

Como ser encontrado?
Conteúdo
A Internet é fonte de informação e as pessoas buscam o tempo todo por respostas para suas dúvidas. Imagine quantas buscas existem sobre o tema “emagrecimento”. No site da sua academia, crie uma área para inserir conteúdo. Esta área funcionará como um blog, onde semanalmente ou diariamente, você irá fornecer informações relacionadas ao seu negócio. Aqui não há propaganda, não há venda, apenas informação.
Seu possível cliente quer informações e, quanto mais você der, maiores são as chances dele aderir ao seu negócio. O cliente precisa se sentir seguro da compra, por isso ele busca informações. Vamos a um exemplo. Uma pessoa está buscando um local para praticar exercícios físicos, então ela que saber qual o melhor esporte para ela, quantas horas ela deve praticar, entre outras questões. Neste momento ela não está buscando preços, nem equipamentos, ela quer informação. No momento que ela se sentir segura, ela vai até a academia e faz a matrícula. Não espere mais para ativar seu site e seja encontrado quando procurarem pelo seu negócio.
Tráfego
Compre tráfego. Indo direto ao assunto, esse é um ponto fundamental para ser encontrado pelo seu público. Procure por publicidade paga como Google Adwords e Facebook Ads, procure sites relacionados e compre espaço publicitário. Existem diversos sites que vendem tráfego, seja ele segmentado ou não. O tráfego segmentado é mais caro, mas acaba saindo um pouco mais caro.
Minha dica é, se sua academia já tem uma marca conhecida, vale a pena focar no tráfego segmentado (blogs e fóruns fitness), caso esteja dando os primeiros passos, tráfego indiferente (sites de download, de música, de filmes) pode ser uma boa opção. O Google Meu Negócio também é uma excelente ferramenta para ser encontrado e é gratuito. Lembra do ponto “localização” que falei no começo do artigo? O Google Meu Negócio vai te ajudar e muito.
Seja Diferente (Conquistar)
Primeira coisa, não se diferencie da concorrência pelo preço. Você deve ter muito mais a oferecer do que uma “pechincha”, o que pode até causar uma má impressão do seu negócio. Segundo, tenha um diferencial que seja realmente relevante para o seu público. De nada adianta super equipamentos, se não existem instrutores capacitados para guiar seus alunos. Tenha um diferencial claro e passe isso na hora de divulgar sua academia.
Tenha um Site Vendedor (Conquistar)
Agora que você já tem tráfego e possui um diferencial claro, vamos converter seus visitantes em clientes. Para aprofundar sobre o assunto Conversão é necessário um post completo que será produzido mais adiante, mas adianto pontos necessários para transformar seu site em um site vendedor.
Deixe clara a sua mensagem
Apesar do conteúdo que falamos anteriormente não citar preços e planos, seu site precisa deixar claro que por trás de toda a informação, existe uma empresa e que você vende algo, caso contrário o visitante sentirá enganado no momento que você tentar oferecer seu serviço.
Facilite o contato
Quem nunca entrou em um site e ficou perdido buscando telefone ou e-mail para contato? Por incrível que pareça, este é um erro comum do mundo digital. Para facilitar o contato do seu possível cliente, deixe fácil um telefone para contato ou um formulário de contato. Nada de formulário gigantes com nome, endereço, cpf, nada disso. Seja o mais simples possível no momento de colher os dados. Apenas o e-mail é essencial.
Guie seu visitante
Leve seu visitante até a parte principal do seu site, a área dos planos. A navegação deve ser fácil e seu site deve sempre levar o usuário à parte que mais lhe interessa. Quando o usuário entra no seu site ele quer saber de cara seu preço, para depois ver se compensa. Daí você tem 2 opções, mostrar o preço logo de início, fazendo o cliente optar se deve continuar ou não ou mostrar todas as vantagens do seu negócio através de um conteúdo detalhado e no final apresentar o preço ou até mesmo criar um vídeo, onde no final você vai apresentar seus planos. As duas formas são válidas e vão depender da forma que deseja trabalhar.
Crie um relacionamento (Fidelizar)
Outro ponto que parece óbvio, mas poucos fazem. Criar relacionamentos é difícil, muitas vezes por questões culturais do empreendedor. Vamos aos fatos, cliente entra na academia, você cria um bom relacionamento com ele, resultado: cliente satisfeito e fidelizado. Parece simples e realmente é, o problema é que poucos fazem. Por um lado isso é bom, pois agora você tem uma vantagem competitiva.
E como fazer para criar relacionamentos com seus clientes utilizando estratégias de marketing digital? A dica de ouro é: E-mail Marketing.
E-mail não está ultrapassado e sabendo fazer não será considerado Spam. Então, como fazer?
1 - Crie uma lista– No momento do cadastro peça o e-mail do aluno e faça uma planilha com todos matriculados
2 - Peça autorização para enviar e-mails– É aqui que você vai ter autorização ou não dos seus alunos para enviar conteúdo.
3 - Envie conteúdo interessante– Nada de enviar promoções e “panfletos digitais”. Isso é chato e pode ser visto como Spam. Escreva algo que realmente seja importante para o seu cliente. Dê dicas de alimentação, métodos de treino, melhores suplementos e mais uma infinidade de assuntos. Mas lembre, tenha bom senso e não envie e-mail diariamente. Um e-mail a cada 4 dias é o suficiente para manter seu aluno bem informado e satisfeito.
4 - Pergunte– Relacionamentos são diálogos e não monólogos, por isso peça a opinião e escute seus clientes. Envie e-mails com questionários curtos sobre melhorias na academia ou alguma pesquisa que esteja querendo fazer.
5 - Escute (Fidelizar)
Puxando o gancho no ponto anterior, escutar seus clientes é um fator importantíssimo para saber se você está fazendo certo ou errado. Já ouvi relatos de alunas que saíram da academia porque eram assediadas pelo professor. Pesado, mas acontece. A melhor maneira de descobrir isso é criando um formulário no seu site para reclamações e sugestões.
Você também pode implantar uma caixa de sugestões na sua academia, mas muitos veem como perda de tempo, pois acham que ninguém vai ler, por isso é seu dever deixar bem claro que faz parte dos valores da sua empresa levar a sério a opinião dos clientes.
Personalize (Fidelizar)
Esta dica é matadora e é aqui que iremos oferecer ao cliente exatamente o que ele necessita. Existem pessoas que frequentam a academia durante anos e nunca receberam um atendimento diferenciado e, por conta disso, recorrem a outra academia.
Mas na sua academia será diferente. Você DEVE tratar seus clientes de forma diferenciada, pois cada um tem um objetivo diferente. Existem várias formas de personalizar seu serviço, mas essa parte criativa vou deixar com você, vamos citar alguns pontos que você deve seguir.
• Cliente VIP– Todo mundo gosta de ser tratado de forma VIP, por isso crie um cadastro VIP para seus clientes especiais, aqueles que trazem mais retorno para o seu negócio. Os clientes VIP terão vantagens extras, como treinamento personalizado, dicas exclusivas, entre outros benefícios.
• Programa de Fidelidade– O programa deve ser muito mais do que um programa de descontos. Deve oferecer benefícios reais e que sejam de interesse do aluno.
Falamos aqui sobre alguns pontos cruciais para se ter sucesso no seu negócio e aumentar os lucros da sua academia. São coisas fáceis de serem implementadas e podem começar logo que você terminar de ler este artigo.

https://www.vedovatipisos.com.bnoticias-artigos/marketing-digital-para-academias/
submitted by Vedovati_Pisos to u/Vedovati_Pisos [link] [comments]


2020.08.27 01:34 XxolivertwistxX Hoje eu provavelmente perdi uma oportunidade de vida

E ai, como estamos? Achei que ia ficar curto, mas acabei me alongando, sorry.

Pois bem. Até dia 08 de Setembro estão rolando inscrições para um processo seletivo de Trainee da Ambev. Dentre todos os requisitos, o mais rígido era conclusão da graduação entre Dez/2018 e Dez/2020, no qual, com uma pequena ressalva, eu me encaixo, mas nesse assunto eu volto daqui a pouco.
A informação do processo seletivo chegou pra mim através de um amiga de infância, da mesma idade que eu (20 e poucos anos) que é casada com um cara que trampa lá dentro. Iniciei minha inscrição pela plataforma disponibilizada pela empresa e ontem, quando fui finalizá-la, topei com uma caixa em que eu deveria apontar como tinha descoberto o processo seletivo, sendo uma das opções a "indicação", bastando colocar o nome e email da pessoa que havia me indicado. Voltei a falar com essa amiga, perguntei se poderia utilizar o nome e email do cônjuge dela e a resposta foi positiva. Já deu aquele gás. Finalizei as respostas e foi isso.
Hoje de manhã, acordei com mensagens dela, me mandando alguns prints de que o cara havia recebido uma notificação a respeito da minha menção, pedindo uma confirmação de que ele realmente teria me indicado. O cara confirmou E AINDA FOI ALÉM. Falou direto com uma das pessoas responsáveis dentro do RH, falando da minha inscrição. Em resposta, essa pessoa mandou um áudio, dizendo com todas as palavras que eu deveria enviar meu currículo, para que caso eu fosse barrado em alguma das fases do processo seletivo, ELA ME CONSEGUIRIA UMA ENTREVISTA. Na hora, eu quase não acreditei. Fiquei a manhã toda conversando com essa amiga, ela me deu várias dicas e eu já ia começar JANTAR qualquer coisa que encontrasse sobre a Ambev pela internet. Tava empolgadasso.
O baque veio na hora do almoço. Abri meu email pra dar aquela checada padrão antes de começar a trabalhar e a primeira mensagem era uma resposta, da plataforma, indicando que eu não havia preenchido os requisitos da vaga e INSTANTANEAMENTE eu desabei. Aqui entra a ressalva da minha graduação.
Formalmente, encerro minha graduação em Dez/2020, mas to com o andamento do meu TCC um pouco atrasado. Na hora em que fui preencher o cadastro, a última etapa era composta por algumas perguntas, uma delas a respeito da data de término do curso. Na hora me ocorreu esse detalhe do TCC e NA INOCÊNCIA, encarei aquele questionário de maneira informal indicando o término da graduação pós Dezembro de 2020, sendo provavelmente o que me desqualificou. Essa informação já havia sido requerida em uma etapa de preenchimento anterior, me fugiu completamente o caráter classificatório dessa informação e eu perdi a chance de participar do processo. Não é possível realizar nova inscrição através do meu cadastro existente na plataforma, que também não aceita um cadastro novo em meu nome.
Enfim, de tudo, não sei o que é pior: 1) O fato de provavelmente ter perdido uma oportunidade que eu NUNCA MAIS VOU TER, 2) Ter perdido por COMPLETA INOCÊNCIA ou 3) Não ter qualquer noção de como crescer a partir de uma experiência dessas.
No fundo, me sinto merecedor da desqualificação. Na posição da empresa, jamais contrataria alguém que cometesse um erro desse nível, o que provavelmente vai me fechar a porta da entrevista a parte também. To me sentindo um completo lixo e vim gastar com vocês, porque só tive coragem de conversar sobre isso com a minha mina, mas nem tanto, para não brochá-la demais.
Hoje, recebo 500 conto por um estágio em um escritório de advocacia que caga pra mim. Era uma vaga que literalmente ia mudar minha vida, mas eu perdi.
submitted by XxolivertwistxX to desabafos [link] [comments]


2020.08.14 02:52 whoareyougirl O grupo de pesquisa do qual faço parte está trabalhando em um projeto que busca entender como é ser mulher no Brasil. Você pode nos ajudar?

Oi, pessoal. Primeiramente, não sei se esse tipo de post é permitido aqui, mas como o projeto está sendo divulgado em vários canais de comunicação (desde redes sociais até jornais locais), creio que não infrinja qualquer regra sobre exposição de pessoas comuns.
Faço parte de um grupo PET (Programa de Educação Tutorial - acredito que muitos aqui saibam do que se trata) vinculado ao curso de Letras da UFRGS. Estamos coletando relatos de mulheres brasileiras para um projeto chamado Svetlana (em homenagem à Svetlana Alexijevich).
Nessa fase do nosso projeto, gostaríamos que você preenchesse esse formulário, que deve tomar no máximo 20 minutos do seu tempo e pode ser feito de forma anônima. As respostas fornecidas por vocês (sempre respeitando a identidade de quem respondeu ao questionário) serão utilizadas, então, como dados para a construção de um artigo científico (ou similar).
Vou deixar aqui embaixo um pequeno "release" que elaboramos sobre o projeto, além de uma matéria sobre ele no jornal da nossa universidade.
Agradeço desde já a todos que puderem nos ajudar, seja respondendo o questionário ou indicando-o para pessoas que conhecem! :)
Release:
Svetlana Aleksiévitch é uma das mais conhecidas escritoras de História Oral, ganhadora do prêmio Nobel de Literatura de 2015. Em uma de suas principais obras, Svetlana apresenta o testemunho de mulheres que lutaram e participaram da Segunda Guerra Mundial.
A História, em todos seus aspectos, costuma privilegiar acontecimentos e figuras masculinas para desenvolver suas narrativas. Contudo, as mulheres estiveram e estão presentes em todos os períodos, sendo líderes de família, chefes de estado, influenciadoras e atuando como as trabalhadoras que põem o mundo a funcionar. Porém, a maioria dessas mulheres foi apagada da História em detrimento de outros, ou simplesmente não tiveram suas vozes ouvidas.
Por isso, principalmente em épocas em que os direitos das mulheres ainda são contestados, suas vozes devem e precisam ser escutadas e representadas. A história oral representa a voz do cotidiano.
Reportagem
submitted by whoareyougirl to brasil [link] [comments]


2020.06.24 19:48 Dehast Primeira enquete do /r/BeloHorizonte -- Última chamada!

Galera, como alguns já devem ter visto, fiz um questionário para saber melhor qual o perfil dos inscritos no subreddit da nossa cidade. Vocês podem ler a postagem original aqui.
Tivemos 24 respostas até agora, o que representa 2% da população do /BeloHorizonte. Depois disso, as respostas pararam porque o Reddit acaba não mostrando mais a postagem.
Vou deixar a enquete aberta por mais 7 dias para ver se podemos conseguir uma amostragem maior.
Acesse a enquete aqui.
Com esse post, também vou aproveitar para responder alguns comentários que foram feitos no campo aberto da enquete:
"Ter praticamente só notícias mata muito o sub"
Falei um pouco sobre esse assunto no post original, então vou só colar a resposta que dei para outro usuário aqui:
Quanto ao conteúdo do subreddit, de fato temos muito pouco engajamento, mas estamos dentro da média para a quantidade de pessoas que existem aqui. Eu gostaria que fôssemos um pouquinho mais como o Curitiba, que tem um número aproximado de pessoas e muito mais participação, mas isso é algo que não tem muito como fazer acontecer, acaba tendo que ser orgânico, sabe?
Nos anos que estive no Reddit, percebi que o momento em que um subreddit começa a ter atividade espontânea fica entre 1,000 e 1,600 inscritos. Estamos dentro dessa janela e de fato, tenho visto mais postagens de outros usuários e um fluxo maior de novos inscritos nas últimas semanas. Mas ainda é algo lento.
As postagens das notícias são feitas por mim justamente para que o subreddit continue aparecendo no MultiReddit, nas páginas iniciais dos inscritos e nas ferramentas de pesquisa. Se eu deixasse o subreddit andando somente com postagens orgânicas, ele não teria visibilidade e demoraria bem mais para crescer.
As postagens da UFMG, se não me engano, são um bot do Eric que puxa as notícias do site principal da Universidade, talvez por isso não haja tanta curadoria.
O que precisa acontecer aqui é simplesmente crescer. Com uma quantidade de pessoas ativas grande o suficiente, as notícias já serão postadas (e eu não precisarei postá-las). Isso vai garantir mais fontes e mais assuntos, já que cada um tem um site preferido e um interesse maior em certas questões.
O mesmo vale para memes, fotos etc. Eu não tenho como criar o conteúdo todo, ele precisa vir de quem se inscreve. É assim que funciona o Reddit, afinal.
Minha ideia, então, sempre foi de correr atrás de notícias e informações enquanto as pessoas não fazem isso por conta própria o suficiente. Com mais postagens de outros usuários e os up/downvotes servindo de categorizadores, as notícias do BHAZ e da UFMG vão se diluir entre outros conteúdos e avaliadas de acordo com suas relevâncias.
"apagara uma postagem minha, não sei o que é um modmail e não achei info a respeito"
O ModMail está disponível logo acima da lista de moderadores do Reddit. Basta clicar no envelope e você será redirecionado(a) para o campo de envio de mensagem. Outra alternativa é falar diretamente comigo, clicando no meu nome de usuário e enviando uma mensagem com o título deixando claro que o assunto se refere a este subreddit. Posso conferir sobre a sua postagem apagada e dar uma justificativa, mas normalmente enviamos uma mensagem explicando o que houve após a remoção!
***"***Melhorar o agrupamento de idades dessa pesquisa e deixar a pergunta "o que gostaria de ver mais" como múltipla escolha. Parabéns pela iniciativa."
Realmente, foi um deslize meu não ter levado isso em consideração! Fiz a alteração. Muito obrigado por sugerir!
Agradeço a todos que participaram até agora!
submitted by Dehast to BeloHorizonte [link] [comments]


2020.06.24 12:10 naza1985 Introdução ao Futuro

O Futuro. Universo imensurável de possibilidade, anseios e desejos. No futuro, nada é falho, nada é ruim, a não ser que se deseje. Nele as garras da realidade ainda não se revelaram vorazes e agressivas, não. Talvez por isso mesmo que ele possa não passar de uma fantasia, oscilando entre contos de fadas a mau agouro. Mas o hoje também foi futuro e o que fizeram no passado reflete no presente.
Hoje é um furo no futuro por onde o passado começa a jorrar, já dizia o compositor. Por isso mesmo, o que hoje fazemos influenciará diretamente no que será e como se parecerá o futuro. Se desejamos um futuro mais verde, provavelmente teremos, ou ao menos haverá muito mais chance, de um futuro mais verde.
À arte de observar o presente e concluir, ou melhor, tirar uma conclusão a respeito do futuro mais provável é dado do nome de Futurismo, que dá origem ao nome da ciência Futurologia. Trata-se de uma arte da vida, de se observar o que ocorre à volta e à distância, compreender quais são os gostos e tendências da humanidade e da natureza à volta, ver e antever os avanços científicos e tirar conclusões precisas e claras a respeito do que mais provavelmente acontecerá.
Não se trata de adivinhação como nos tempos antigos onde o vidente se dizia dotado de capacidade sobrenatural, espiritual, para poder ver com exatidão o futuro ou ouvir diretamente de uma fonte divina aquilo que haveria de se suceder. O futurista não faz uso de artifícios místicos ou espirituais. Muitas vezes ele até mesmo questiona a validade e eficácia de tais métodos de vaticínio.
Nesse sentido, o futurista, que se torna naturalmente um futurólogo, é como alguém que por sua janela observa um idoso passando: com o tempo, o horário em que passará e como se comportará, o que fará, para onde olhará já se tornaram um padrão claro. Isso não quer dizer e nem desdizer que o idoso em algum momento não fará algo diferente, mas sim que muito provavelmente ele fará de tal e tal forma.
Cães são treinados dessa forma, de modo que um sinal padrão aciona no animal automaticamente um efeito padrão: quando vê a bolinha sendo lançada, ele correrá até a bola e a trará de volta, mas isso apenas se for condicionado a tal, se por muitas vezes for mostrado a ele que quando se lança uma bolinha e se a toma pela bola se ganha uma recompensa, logo ele compreenderá quase que com certeza que o lançar de uma bola significará em recompensa de guloseima, isso por meio da ação de ir buscá-la e entregá-la ao mestre.
Então o futurista olha para o passado, olha para o presente, vê como chegamos ao ponto em que estamos e, tomando como exemplo o caminho até o presente, observa o que se faz agora para deduzir com mais ou menos precisão e com mais ou menos riqueza de detalhes, dependendo de suas capacidades e de sua audácia, como se parecerá o futuro.
Há, ainda, uma distinção entre o futurista e o futurólogo. Embora todo futurólogo seja um futurista, nem todo futurista é futurólogo. O que os diferencia é que o futurólogo tira conclusões sobre como mais provavelmente se parecerá o futuro, enquanto o futurista tenta usufruir no presente o máximo possível daquilo que dará forma ao futuro.
Portanto, ao futurista basta viver alguns passos à frente do humano comum, que recebe as novidades em segunda mão, enquanto ao futurólogo as novidades são uma grande saudade, como dizia frequentemente FM-2030, um dos maiores futurólogos que já existiram.
FM-2030 foi filósofo, escritor, comentarista, palestrante, atleta olímpico, enviado da ONU e, evidentemente, futurólogo. Foi um homem à frente que seu tempo que dizia ter muitas saudades do futuro. Dizia com sinceridade porque aconteceu por acaso que em vez de nascer no futuro, caiu em seu presente. Seu nome, inicialmente exótico, dava-se pelo fato de que em 2030 completará 100 de seu nascimento. Tinha esperança e certeza convicta de que estaria vivo para completar seu 100º aniversário em 2030. Aconteceu, porém, que um câncer o boicotou e o matou no ano 2000. Seu corpo foi vitrificado e depois crionizado, o que significa que embora talvez não estará por aqui em 2030, possivelmente um dia ainda comemorará vivo seu 100º aniversário.
Hoje há muitos futuristas e futurólogos dispersos pela mídia, figuras conhecidas, faladas e que são entrevistadas ou citadas com frequência em jornais ou na internet, como Ray Kurzweil, que é conhecido como o “futurólogo do Google”, Nick Bostrom, autor do Simulation Argument, e Michio Kaku, físico teórico muito popular em nossos tempos. Desse grupo ainda fazem parte muitas pessoas notáveis das quais todo futurista ou entusiasta de tecnologia ao menos já ouviu falar, como Tesla, H.G. Wells, Aldous Huxley (e seus irmãos), Carl Sagan e Asimov. Isso apenas para uma fração dos grandes nomes.
Há, ainda, poucos que verdadeiramente se identificam como futuristas ou que estão bem a par dessa tendência ou do Transumanismo como filosofia. Por isso, desde algumas décadas atrás, em 1989, há 30 anos, FM-2030 escrevia "Are You a Transhuman? Monitoring and Stimulating Your Personal Rate of Growth in a Rapidly Changing World" para chamar muitos à atenção de que poderiam ser Transumanos sem saber. Por meio de questionários e autoavaliações, o leitor podia avaliar seu nível de conhecimento e de interação com os avanços tecnológicos de ponta, os quais maximizavam o potencial humana de forma até então nunca vista. O que, naquele tempo, virou fenômeno mundial de literatura e que serviu para revelar o Futurismo ao leitor médio e mais inteirado, hoje não passam de banalidades do dia a dia que quase sempre passam impensáveis, de tão comuns e triviais que são.
Isso, é claro, não significa que a humanidade chegou ao ponto que o Futurista almeja e prevê, mas sim que estamos caminhando a ele a passos largos e que, diferentemente do que ocorria nos últimos 10 mil anos de história humana, a diferença que se vê entre uma geração e outra é gritante. Se em um tempo levava-se 500 anos para se notar alguma diferença significativa em uma sociedade, possivelmente pelo advento de alguma nova tecnologia, hoje 30 anos são mais do que suficientes para moldar o mundo todo. Há pouco mais de 100 anos, a grande massa mundial vivia isolada e demorava dias, semanas e algumas vezes até meses ou anos para obter notícia de um parente. Hoje, um bebê brinca diante da câmera para seus bisavós do outro lado do mundo – a custo quase zero, seja no conforto de uma poltrona, cadeira ou enquanto anda na rua, seja por um objeto estático ou por um smartphone que o acompanho no bolso para onde quer que vá. Isso, que é tão banal, era algo impensável para o mundo todo, exceto para alguns, em 1920.
""""Trecho.
submitted by naza1985 to transumanismo [link] [comments]


2020.06.14 03:41 Rubens322 9 Maneiras de Estimular a Sua Libido de Forma Totalmente Natural

9 Maneiras de Estimular a Sua Libido de Forma Totalmente Natural
caso o seu tempo no colchão, juntamente com o seu parceiro, não seja tudo o que gostaria que fosse, leve o coração à letra.

disfunção sexual masculina!
Ter um encontro com a sua companheira - para se lembrar de todas as razões pelas quais gosta de todas as diferenças e para relaxar ao ser comido e jantado - pode ser uma abordagem excelente para estimular a sua libido, diz Anita Sadaty, MD, uma ginecologista holística em Roslyn, grande maçã.

Essa é uma das muitas abordagens naturais que os especialistas dizem que você pode melhorar o seu estilo de vida sexual.

associado: remédio sexual: O que mulheres e homens devem entender

Os motivos médicos podem estar na origem de problemas sexuais ou de desinteresse
De direcção, pode haver um motivo científico para que o seu estilo de vida sexual esteja a marcar passo. Diabetes, problemas de tiróide, a maioria dos cancros e problemas cardíacos podem diminuir a preferência sexual. Problemas nervosos, endometriose ou outros problemas podem fazer com que as relações sexuais sejam dolorosas para as mulheres. E medicamentos seguros - como alguns para stress sanguíneo, melancolia, tensão, ou mesmo começar a gerir - podem, adicionalmente, inibir a escolha.

relacionados: Desconstruindo a pressão da relação sexual: O que a sua libido diz aproximadamente a sua aptidão

É por isso que é vital fazer um check-up clínico caso esteja a sentir sinais e sintomas que afetem o seu estilo de vida sexual e que a sua situação seja bem tratada. pode ainda perguntar ao seu médico se é viável mudar o seu remédio para algo sem um efeito secundário sexual.

1. Faça da entrada na disposição para o sexo uma prioridade

Ocasionalmente, ter maiores e melhores relações sexuais exige realmente que se limpe o seu horário. "É difícil estar com disposição quando se tem 1.000.000 coisas na lista de afazeres e não há muito tempo para o fazer", diz o Dr. Sadaty.

Programar relações sexuais pode parecer pouco romântico, mas você posicionou o máximo dos seus planos importantes no seu calendário, então por que não sexo? É excelente marcar tempo suficiente para fazer algo relaxante primeiro, em vez de saltar diretamente para a cama, considerando o facto de as raparigas, especialmente, precisarem de se descontrair mais cedo do que a sua libido, diz Sadaty.

2. pinturas sobre os teus pensamentos e palavras A tua mente para uma relação sexual mais elevada

Caso a sua mente esteja a correr um ciclo de comentários sobre os motivos que escolheu pelo caminho - sobre a forma como se deve sentir responsável pelas relações sexuais ou talvez que o seu quadro seja simplesmente demasiado gordo ou feio ou, gentilmente, qualquer coisa - é altura de o antecipar no seu caminho. reconhecer o conceito enquanto ele parece e mudá-lo para um conceito mais útil.

Isto facilita a sua existência sexual porque, como meta-avaliação publicada na revista internacional de psicologia clínica e da saúde encontrada, os seres humanos com atitudes extra abertas sobre o sexo são mais capazes de descobrir a sua sexualidade com a sua culpa. (1)

3. Não negligencie o uso de Lubrificantes para uma melhor relação sexual

o sexo pode ser extra agradável no caso de carregar um lubrificante, que reduz a fricção e a irritação e, consequentemente, a dor, dizem os ginecologistas. pode comprar um lubrificante de boa reputação na farmácia ou utilizar um óleo doméstico como o óleo de coco (certifique-se de utilizar um preservativo sem látex no caso de fazer bricolage devido ao facto de estes óleos poderem danificar o látex).
Não tente cobrir a sua necessidade de um lubrificante do seu cúmplice. Torne-o parte do seu habitual sexual e divirta-se com ele.

4. Passe o seu corpo para melhorar a sua vida sexual.

pode não assumir que o treino que faz para o seu coração e massa muscular é vital para o sexo exacto, no entanto tenha em conta que o sangue flui tanto nos seus genitais como no seu coração coronário.
Os homens com disfunção eréctil (DE), por exemplo, podem de vez em quando reverter este problema com um modo de vida saudável que inclua exercício, de acordo com um exame publicado no Diário do Remédio Sexual. (2) Mesmo nos homens que necessitam de medicação para a DE, os investigadores descobriram que os ajustamentos de um estilo de vida saudável aumentam provavelmente as vantagens.
  1. Dormir o suficiente para o sexo correcto
O sono é outra coisa do estilo de vida que afecta a libido. Um dos motivos é que a secreção hormonal é gerida através do relógio interno do organismo, e os estilos de sono provavelmente ajudam o quadro a decidir enquanto se lançam hormonas positivas associadas à relação sexual.

Tanto para as mulheres como para os homens, sentir-se desgastado quando se entra na cama zaps alguma coisa de libido pode ter tido até momentos de antecedência.

Além disso, para os homens, dormir o suficiente pode aumentar o nível de testosterona (um nível decrescente pode estar associado a disfunção sexual), em linha com uma avaliação publicada dentro dos estudos mentais da revista. (3)

associado: Porque não tens agora relações sexuais extremamente boas, e a forma como podes alternar Isso

6. exercício Mindfulness - e Yoga - para apostas

pode parecer que o sexo é o exercício final da atenção, e mesmo como o orgasmo é bastante (provavelmente ninguém fez a sua lista de mercearias ou deliberou um documento de trabalho nesse segundo), pode distrair-se através de pensamentos aleatórios no tempo que leva até esse orgasmo.

Manter a sua atenção no que está a fazer e a sentir é uma forma poderosa de aumentar o seu prazer. Num exame feito por investigadores canadianos, publicado em Novembro de 2016 nos ficheiros de conduta sexual, as mulheres afectadas por disfunções sexuais relacionadas com tensões aumentaram significativamente a sua capacidade de resposta sexual depois de terem sido educadas em consciência. (quatro)

Da mesma forma, a prática do yoga em quadro mental pode ajudar a sua libido. Enquanto a uma coleção de 40 mulheres foi dito para praticar uma hora de yoga por dia, a sua classificação média num questionário de características sexuais para preferência, excitação, lubrificação, orgasmo, dor mais baixa e prazer geral aumentou, de acordo com a investigação publicada dentro da revista de Remédio Sexual. (cinco) As posturas de yoga que faziam eram posturas primárias que se acreditava que melhoravam o tónus muscular pélvico, lançavam articulações da anca apertadas, e melhoravam o temperamento, observadas com a ajuda de actividades físicas respiratórias e estratégias de relaxamento.

7. Não esquecer as medidas de acupunctura para melhorar as relações sexuais

O histórico exercício de acupunctura em língua chinesa, no qual um praticante localiza estrategicamente agulhas no corpo, também pode embelezar o seu estilo de vida sexual. Equilibrar e relaxar o corpo com acupunctura tem sido usado há muito tempo para melhorar a libido, diz Baljit Khamba, ND, médico naturopata e professor assistente de medicação naturopática na Universidade Bastyr da Califórnia, em San Diego.

Khamba coautor de um estudo publicado dentro da revista de medicamentos alternativos e complementares onde 35 homens e mulheres com disfunção sexual, provavelmente devido aos antidepressivos que têm tomado, foram tratados com 9 sessões de acupunctura. no final, a libido tinha progredido nas mulheres, mesmo quando a erecção, o momento da ejaculação e a capacidade de orgasmo tinham sido mais adequados nos homens. (6)

8. Veja o que alguns Afrodisíacos podem fazer por si

algumas ervas são utilizadas pelas culturas em torno do sector como afrodisíacas. acredita-se que algumas estimulam os nervos nos seus genitais; outras, os graus de crescimento do óxido nítrico, que irá aumentar o fluxo sanguíneo para os genitais, e as substâncias químicas que se sentem mais propícias à sensação na sua mente.

Algumas destas ervas incluem ginseng, Cordyceps, gingko biloba, e muira puama em língua chinesa.

As drogarias e as lojas de produtos alimentares saudáveis comercializam de vez em quando produtos para a saúde sexual que são uma combinação de ervas e suplementos dietéticos, incluindo o aminoácido L-arginina. Um olhar sobre este tipo de mercadoria, ArginMax para mulheres, transformado em publicado na revista de sexo e remédio conjugal. (7) Determinou que mais de dois terços das raparigas que tomam este produto - que incorpora ginseng, ginkgo biloba, damiana, nutrientes, minerais e L-arginina - declararam um crescimento na escolha sexual e no deleite sexual universal.

9. Masturbar ou Auto-estimular para uma melhor relação sexual

Ao usar a experiência em si mesmo, você pode chegar mais alto e perceber o que o satisfaz sexualmente - fatos que você poderia então entregar ao seu parceiro.

relacionados: A verdade aproximadamente oito Mitos de Masturbação e Auto-estimulação

Para as mulheres, a masturbação também pode ter outros benefícios. A secura vaginal e a dor podem ser reduzidas enquanto se passa tempo a estimular-se.

É por isso que os terapeutas sexuais propõem frequentemente a masturbação como uma ferramenta para as mulheres que têm dificuldade em atingir o orgasmo. pode ser necessário adicionar um vibrador para uma estimulação mais adequada.
#saúdesexual #libido
submitted by Rubens322 to u/Rubens322 [link] [comments]


2020.05.19 23:53 diplohora FAQ

Mensagem de boas-vindas e orientações gerais

Seja bem-vindo(a)!
Você, quarto(a) secretário(a), que teve a ideia maluca de iniciar essa jornada rumo ao Itamaraty, acaba de encontrar outros malucos com o mesmo objetivo. Um conjunto de malucos pode estar reunido num hospício ou num grupo de WhatsApp com postulantes ao IRBr.
maior grupo aberto : t.me/cacdista
CACDistas de todo o Brasil, uni-vos!
Pois bem, seguindo os conselhos do velho Marx, e considerando que estamos na pindaíba, resolvemos unir esforços para compartilhar materiais, dicas de estudos, sofrimentos e lamentações. Aqui você pode chorar suas pitangas – mas não chore muito, porque o tempo “ruge” e o edital é grande!
There is no free lunch
Como não existe almoço grátis e tempo é um recurso valioso, para reduzir o tempo que passamos respondendo aos novos participantes, assim como catalogar nossas opiniões acerca dos diversos temas afetos ao exame, montamos esse pequeno documento para te guiar no início dessa jornada. Se ainda tiver dúvidas, estamos à disposição.
Separar o joio do trigo
Para conhecer um pouco melhor o perfil do grupo, clique aqui e veja esse questionário feito pelo nosso pesquisador.
Aqui você também vai encontrar coaches de estudos e carreira, analistas políticos, hackers e toda sorte de opinião. Comece a exercitar desde logo sua capacidade de lidar com um volume grande de informações e a avaliar o que serve e o que não serve para você. E mais importante, quando se sentir sobrecarregado, aprenda a dizer não.
Ah, não esqueça de ler a descrição do grupo, lá tem informações valiosas e links para os materiais.
Boa sorte e bons estudos!

1. Estou começando agora, devo fazer um curso extensivo online ou presencial?

CONSENSO ✔
Existe certo consenso de que isso depende de sua condição financeira. Os melhores cursos cobram os dois olhos da cara por um curso de 1 ano. O Sapientia, por exemplo, cobra a bagatela de 21k pelo curso anual. Outros mais em conta, como o ClippingCACD e o Estratégia, cobram algo torno de 8k o pacote completo. Então, se você tem esse fôlego para gastar, fique à vontade, se não, se ligue na dica:
  1. Reúna a bibliografia de que precisa (o grupo está aqui pra isso);
  2. Se debruce sobre o edital;
  3. Faça um planejamento de estudos;
  4. Organize sua vida familiar, acadêmica e financeira;
  5. Tente caminhar por conta própria;
  6. Onde tiver dificuldades e caso po$$sa, contrate um curso nessa matéria específica. O professor é mais importante que o curso em si.

2. Estou começando agora, sem cursinho, por onde começo?

CONSENSO ✔
O ClippingCACD, bem como esses e outros grupos podem te ajudar nessa jornada. Há também vários vídeos no YouTube que explicam que, de modo geral, o ideal é começar por disciplinas como História do Brasil (HB) e História Mundial (HM). As línguas estrangeiras, e mesmo o português, também não podem ser deixados de escanteio. Claro, isso depende de sua formação.
Se você for historiador, por exemplo, vai começar por outras disciplinas. Se for geógrafo, talvez não se dedique ao estudo da geografia com tanto afinco no início, enfim. Se você já tem um bom nível em inglês, espanhol e/ou francês, vale refazer as últimas provas para você pegar o jeito da banca.
Há também certo consenso de que é impraticável estudar todas as disciplinas de uma só vez, devendo ser equacionado em, pelo menos, dois semestres. Tem um artigo no blog do Clipping que fala sobre isso. Eu recomendo a leitura: clique aqui.

3. Qual o melhor método de estudo, fazer resumos, só ler depois fichar OS livros físicos? Devo comprar livros em PDF? É melhor fazer à mão no papel ou em arquivo eletrônico?

CONTROVERSO ±
O tema é controverso porque cada um achará melhor de um jeito. O máximo que se pode fazer é compartilhar a forma como você estuda e encontrar pessoas que tenha um método parecido para trocar fichas. Talvez essa seja uma questão consensual sob o ponto de vista de que a grande maioria concorda que é uma questão privada. Nesse grupo, tem de tudo.
Abaixo uma tabela de comparação entre os meios de estudo:

Prós

Contras
Físico

Melhor retenção do conteúdo em virtude do esforço empregado na escrita e na organização do material.

Muito papel e tinta, além do tempo gasto. A edição ou reescrita também são trabalhosas. Se molhar, fodeu.
Eletrônico

Escrita mais fluida, opções mais ágeis e versáteis de organização, edição e compartilhamento.

Relativamente ao físico, há quem julgue reter menos conteúdo. Fazer na nuvem, porque se der merda no HD, fodeu também.

4. Devo comprar Kindle ou Tablet para ler livros em PDF ou fazer mapas mentais?

CONSENSO ✔
Kindle: poucos têm e usam, porém, são muito elogiosos da ferramenta. É possível ler documentos em PDF, embora haja quem prefira os ePUB. Há relatos de que as notas de roda pé não ficam muito boas. São elogiosos também da função de fazer flashcards, no caso de línguas estrangeiras.
Tablet: Se o seu objetivo é fazer dele um leitor de livros em PDF ou outros arquivos, parece também valer a pena. Dá pra baixar aplicativos para fazer mapas mentais, se sua onde é algo mais eletrônico.
Mas, cuidado! Antes de colocar todos os seus ovos nesta cesta, faça seu planejamento de estudos e veja se adicionar qualquer dessas ferramentas vai te trazer ganhos quantitativos e qualitativos significantes.

5. Sobre os manuais da FUNAG, devo me debruçar sobre eles?

CONTROVERSO ±
Toda fonte de informação é útil e se ela vier de uma fonte oficial, melhor ainda. Porém, alguns dos manuais estão desatualizados há anos e é possível que alguns pontos não sejam mais relevantes para os concursos do porvir. Pode ser uma fonte de estudo complementar, especialmente em disciplinas cujo conteúdo programático não muda muito ao longo dos anos, como HB e Economia. O tema é controverso porque há quem os rechace e há quem os defenda.

6. Como faço pra melhorar o meu nível nas línguas estrangeiras?

CONSENSO ✔
Parece existir certo consenso de que, como não são requeridas todas as habilidades dos idiomas estrangeiros, apenas leitura, compreensão e escrita de textos, o ideal é que você leia muito e escreva muito.
Mas ler o que? Onde?
Bem, você pode ler artigos de revistas que versem sobre temas relacionados ao concurso e de grande circulação, como The Economist, Foreign Policy, Foreign Affairs, Le Monde Diplomatique, Diploweb, El Pais e outras mídias de sua confiança.
Mas posso ler livros em língua estrangeira também?
Isso vai depender do seu planejamento de estudos e de sua preparação. Mas lembre-se sempre de que o tempo deve ser utilizado da melhor forma possível.
E como faço pra escrever mais?
Se você tem grana, contrate um professor pra corrigir seu texto ou tente encontrar algum parceiro para praticar o idioma. Há grupos no WhatsApp que reúnem pessoas com esse intuito. Você pode criar o seu também a partir das pessoas que estão aqui.

7. Eu acho que aprendo melhor explicando para outras pessoas, devo gravar vídeos e divulgá-los?

CONTROVERSO ±
“O melhor jeito de aprender é ensinando”
“Pirâmide do aprendizado”
Por que o tema é controverso?
Porque apesar de ser verdade, isso depende do seu tempo disponível de preparação, do seu ritmo e modelo de estudos e de uma análise de custo-benefício. Além disso, a prova cobra muito mais sua capacidade de escrita do que qualquer outra. Não seria investir seu tempo treinando sua elaboração de textos escritos no formato requerido pela banca?
“Ah, mas se eu entender o assunto ao ponto de conseguir explicá-lo a uma criança, então eu poderei escrever qualquer coisa a respeito”. Essa pessoa está certa, rs. Há quem prefira gravar o áudio de sua própria explicação e ouví-la nos passa tempos da vida cotidiana, como no trânsito, lavando os pratos, enfim. Mas há também quem advogue que gravar vídeos ajuda no processo de aprendizado e aumenta o compromisso.
fonte : CACD-GRUPO DE ESTUDOS
submitted by diplohora to brasilCACD [link] [comments]


2019.12.03 14:06 ebookrevenda Como ganhar dinheiro em 2020?

Como ganhar dinheiro em 2020?

https://preview.redd.it/7xsanx233f241.jpg?width=626&format=pjpg&auto=webp&s=c2d232372cb8fe8b7a53f19fa8195015b8eae673
Com certeza absoluta muita dedicação e serviço é algo fundamental, porém se eu tivesse que apostar em algum ramo ou algo do tipo continuaria exercendo o que faço hoje, trabalho com revenda de produtos digitais, Softwares, e-books, cursos, e uma variedade de outros produtos que você pode vender online.
Há uns dois anos atrás esse era um tipo de trabalho no qual ninguém acreditava, imagine então a 9 anos quando eu iniciei, as pessoas chegavam a rir quando se falava em ganhar dinheiro na internet, porém hoje Vejam Só, praticamente todas as pessoas já conhecem alguém que trabalha na internet e ganha dinheiro com isso e fazem disso a sua fonte de renda principal, até mesmo empresas vem abandonando os seus escritórios e levando os seus trabalhos para as casas de seus funcionários, creio que a tendência a cada dia seja mais direcionada a isso, e daqui a alguns anos grande parte da população Terá algum trabalho na internet que seja um trabalho extra ou não.
Um pouco sobre o que eu faço

https://preview.redd.it/34hzb5b43f241.jpg?width=978&format=pjpg&auto=webp&s=37284181826cbab491de3ad68aee4d5142f34445
Um dos softwares que vendo na internet se chama PCG programa classificados grátis Esse software é uma agregador de sites de classificados grátis ou seja cadastrado no programa Tem mais de 200 sites de classificados grátis onde as pessoas podem anunciar produtos e serviços, se trata de um software de publicidade O que é muito fácil de se vender na internet, ao registrar o software você ganha a possibilidade de revendê-lo e os proprietários do mesmo pagam a você 50% de comissão por cada venda que fizer, se você parar de fazer simples análises vai perceber que nem qualquer pessoa paga 50% de comissão por aí, levando em conta que você não terá nenhum custo referente à entrega de produto, custos com produção e outros quaisquer.
GRANDE VANTAGEM DESSE TIPO DE TRABALHO: a grande vantagem que vejo em realizar esse tipo de trabalho além do já citado é que não teria custo algum a não ser o meu tempo com a divulgação que irei fazer, toda a entrega e gerenciamento é feito por parte dos desenvolvedores Então o que me sobra é Apenas divulgar e receber as minhas comissões logicamente, sem ter nenhum trabalho com Os compradores Ou nem mesmo fazer atendimento pois tudo é feito diretamente no site pelos desenvolvedores, por ter um painel de controle online tenho acesso a tudo, pessoas que visitaram o meu linK, pessoas que fizeram o pedido na minha página, manuais, e se você ainda quer garantir mais as suas vendas sempre que fizer um anúncio na internet pode deixar o seu contato assim Os compradores vão entrar diretamente em contato com você.

Você também pode fazer o Mesmo

https://preview.redd.it/b5s2w1h53f241.jpg?width=811&format=pjpg&auto=webp&s=37c9889ee3cfd9aa5f2d38039a4a9c8c92cafd3b
O sistema que citei acima é apenas um de muitos que existem na internet, Existe uma grande diversidade de sistemas de revenda onde você pode estar se cadastrando e participando, e sinceramente a meu ponto de vista para você ganhar dinheiro com esses temas Basta fazer uma simples análise e verificar se você acha que esse produto é “vendivel” ou não, se você acha que sim basta iniciar suas divulgações e logo vai ver os resultados aparecerem.
Não faça como muitas pessoas apenas se cadastre em um sistema achando que vão ganhar dinheiro da noite para o dia de forma mágica pois isso não existe, posso afirmar com toda a certeza que essa é uma forma mais fácil de se trabalhar pois você faz os seus horários e não tem muito trabalho com gerenciamento de estoque ou outros, porém, com toda a certeza posso afirmar também que exige muita dedicação e esforço mas ao final não vai se arrepender.
Posso até mesmo citar outro sistema semelhante, conhecido como Promotion Site Existe um software utilizado também para fazer marketing que tem o mesmo sistema de revenda onde após adquirir o software você pode participar da revenda, Se não me engano a comissão atual que eles pagam por cada revenda que você fizer é de R$40,00 Não pense que isso é pouco, tenha em mente que você não está gastando nada com isso apenas o seu tempo divulgando o software, e pense também que você pode fazer várias vendas por dia com o passar do tempo e suas divulgações feitas.
No final de tudo se tiver dedicação você vai ter sucesso com certeza e para o ano que vem com certeza esse tipo de trabalho vai estar ainda mais em Foco assim como nos anos seguintes, e faço uma aposta nos sistemas que indiquei Pois a cada dia mais as pessoas vão precisar de divulgar coisas na internet e com isso esses softwares vão vender como água. “em meu ponto de vista”.
Enfim, de coração espero ter ajudado com a minha resposta e que você possa tirar algum proveito da mesma caso pretendem iniciar um trabalho na internet ou não, ficaria muito grato se recebeste um voto positivo de sua parte pela resposta dada “e também de você que está lendo” , fico muito grato, desejo excelentes negócios e um próspero futuro….
Abraços.
Palavras-chave relacionadas:
ganhar dinheiro na internet, ganhar dinheiro online, ganhar dinheiro extra, ganhar dinheiro com app, ganhar dinheiro rapido, ganhar dinheiro no paypal, ganhar dinheiro jogando, ganhar dinheiro com instagram, ganhar dinheiro no youtube, ganhar dinheiro assistindo videos, ganhar dinheiro app, ganhar dinheiro apostando, ganhar dinheiro assistindo futebol, ganhar dinheiro anunciando, ganhar dinheiro apostando em futebol, ganhar dinheiro assistindo propaganda, ganhar dinheiro anunciando produtos, ganhar dinheiro avaliando, a ganhar dinheiro rapido, ganhar a dinheiro, a ganhar muito dinheiro, a como ganhar dinheiro no cartola, quando começa a ganhar dinheiro no youtube, como começar a ganhar dinheiro, a oração para ganhar dinheiro, jogos online a ganhar dinheiro, ganhar dinheiro a curto prazo, ganhar dinheiro a noite, ganhar dinheiro a traduzir textos, ganhar dinheiro a internet, ganhar dinheiro a escrever textos, ganhar dinheiro a juros, ganhar dinheiro a escrever artigos, ganhar dinheiro a rodo, ganhar dinheiro vendendo água, aprenda a ganhar dinheiro, aprenda a ganhar dinheiro na internet, começar a ganhar dinheiro do zero, comece a ganhar dinheiro em 21 dias, comece a ganhar dinheiro agora, começar a ganhar dinheiro, comece a ganhar dinheiro hoje, comece a ganhar dinheiro agora mesmo, ganhar dinheiro de jogo, ganhar dinheiro de sites, ganhar dinheiro bitcoin, ganhar dinheiro bet365, ganhar dinheiro baixando app, ganhar dinheiro blog, ganhar dinheiro brasfoot 2019, ganhar dinheiro bolsa, ganhar dinheiro bolsa de valores, ganhar dinheiro baixando aplicativos, ganhar dinheiro bitcoins, ganhar dinheiro bolsa gta v, plano b para ganhar dinheiro, ganhar dinheiro com pesquisas, ganhar dinheiro com internet, ganhar dinheiro com youtube, ganhar dinheiro com artesanato, ganhar dinheiro com blog, ganhar dinheiro com picpay, sonhar c ganhar dinheiro, ganhar dinheiro c artesanato, ganhar dinheiro com impressora, significado sonhar c ganhar dinheiro, o que significa sonhar com ganhar dinheiro, qual o significado de sonhar ganhando dinheiro, significado de sonhar com ganhar dinheiro, sonhar com ganhar dinheiro, sonhar que ganhar dinheiro, ganhar dinheiro divulgando, ganhar dinheiro de graça, ganhar dinheiro dormindo, ganhar dinheiro de verdade, ganhar dinheiro divulgando noticias, ganhar dinheiro digitando nomes, ganhar dinheiro desempregado, ganhar dinheiro dirigindo, ganhar dinheiro desenhando, de ganhar dinheiro sinonimo, formas de ganhar dinheiro, formas de ganhar dinheiro extra, maneiras de ganhar dinheiro, formas de ganhar dinheiro na internet, maneiras de ganhar dinheiro na internet, maneiras de ganhar dinheiro extra, formas de ganhar dinheiro rapido, app de ganhar dinheiro, aplicativo de ganhar dinheiro, ganhar dinheiro escrevendo, ganhar dinheiro enviando email, ganhar dinheiro em app, ganhar dinheiro extra na internet, ganhar dinheiro escrevendo artigos, ganhar dinheiro em ingles, ganhar dinheiro escutando musica, ganhar dinheiro enquanto dorme, é possivel ganhar dinheiro na internet, responder pesquisas e ganhar dinheiro, responder perguntas e ganhar dinheiro, como investir e ganhar dinheiro, trabalhar online e ganhar dinheiro, como trabalhar e ganhar dinheiro pela internet, como trabalhar e ganhar dinheiro na internet, como criar e ganhar dinheiro com um blog, como criar e ganhar dinheiro com um aplicativo, artesanato para vender e ganhar dinheiro, ganhar dinheiro é dificil, ganhar dinheiro respondendo pesquisas é verdade, ganhar dinheiro com pesquisas é confiavel, ganhar dinheiro na internet é possivel, ganhar dinheiro e cartões oferta grátis, ganhar dinheiro e diamante no free fire, ganhar dinheiro e cartões oferta grátis apk, ganhar dinheiro e premios respondendo pesquisas, ganhar dinheiro e ficar rico enfim, ganhar dinheiro e commerce, ganhar dinheiro e viajar, ganhar dinheiro e investir, jogar e ganhar dinheiro, é possivel ganhar dinheiro no instagram, vender e ganhar dinheiro, opinar e ganhar dinheiro, investir e ganhar dinheiro, é possivel ganhar dinheiro com blog, é possivel ganhar dinheiro com day trade, jogar e ganhar dinheiro de verdade, é possivel ganhar dinheiro com hotmart, ganhar dinheiro facebook, ganhar dinheiro fazendo live, ganhar dinheiro facil na internet, ganhar dinheiro fazendo propaganda, ganhar dinheiro fazendo entregas, ganhar dinheiro fazendo pesquisa, ganhar dinheiro freelancer, ganhar dinheiro forza horizon 4, ganhar dinheiro final de semana, ganhar dinheiro gta v, ganhar dinheiro google, ganhar dinheiro gratis, ganhar dinheiro google play, ganhar dinheiro gta v online, ganhar dinheiro gta v offline, ganhar dinheiro gta v historia, ganhar dinheiro gta, ganhar dinheiro google maps, ganhar dinheiro gta san andreas, g suite ganhar dinheiro, ganhar dinheiro hotmart, ganhar dinheiro hoje, ganhar dinheiro home office, ganhar dinheiro honestamente, ganhar dinheiro hoje agora, ganhar dinheiro horas vagas, ganhar dinheiro hackeando, ganhar dinheiro hj, ganhar dinheiro hoje na internet, ganhar dinheiro hay day, ganhar dinheiro internet, ganhar dinheiro investindo, ganhar dinheiro indicando, ganhar dinheiro instagram, ganhar dinheiro investindo pouco, ganhar dinheiro indicando imóveis, ganhar dinheiro iphone, ganhar dinheiro impressora 3d, ganhar dinheiro inesperado, ganhar dinheiro ideias, ganhar dinheiro com porquinhos da índia, como ganhar dinheiro com porquinho da india, ganhar dinheiro jogando lol, ganhar dinheiro jogando poker, ganhar dinheiro jogando free fire, ganhar dinheiro jogando fortnite, ganhar dinheiro jogando online, ganhar dinheiro jogando fifa, ganhar dinheiro jogando games, ganhar dinheiro jogando no celular, ganhar dinheiro kwai, ganhar dinheiro karate, ganhar dinheiro em ksa, ganhar dinheiro com km de vantagens, ganhar dinheiro com kombi, ganhar dinheiro no kindle, ganhar dinheiro com kefir, ganhar dinheiro com kitnet, ganhar dinheiro com kit festa, ganhar dinheiro mary kay, ganhar dinheiro lendo, ganhar dinheiro lendo emails é verdade, ganhar dinheiro loja virtual, ganhar dinheiro lifeinvader, ganhar dinheiro lendo email, ganhar dinheiro lutando, ganhar dinheiro live, ganhar dinheiro legendado, ganhar dinheiro lol, ganhar dinheiro loteria, l como ganhar dinheiro, ganhar dinheiro mercado pago, ganhar dinheiro mercado livre, ganhar dinheiro minerando, ganhar dinheiro marketing digital, ganhar dinheiro milhas, ganhar dinheiro magazine luiza, ganhar dinheiro mercado financeiro, ganhar dinheiro muito rapido, ganhar dinheiro mixer, ganhar dinheiro medium, ganhar dinheiro no instagram, ganhar dinheiro no picpay, ganhar dinheiro no the sims 4, ganhar dinheiro na play store, ganhar dinheiro n, ganhar dinheiro online na hora, ganhar dinheiro online gratis, ganhar dinheiro ouvindo musica, ganhar dinheiro opinando, ganhar dinheiro online 2019, ganhar dinheiro online app, ganhar dinheiro online agora, ganhar dinheiro online jogando, ganhar dinheiro online paypal, o que fazer para ganhar dinheiro, o que vender para ganhar dinheiro, o que vender para ganhar dinheiro rapido, o que fazer para ganhar dinheiro extra, o que vender para ganhar dinheiro extra, o que vender para ganhar dinheiro com pouco investimento, o que fazer para ganhar dinheiro rápido, o que montar para ganhar dinheiro, o q fazer para ganhar dinheiro, o que abrir para ganhar dinheiro, ganhar dinheiro o natal, o que ganhar dinheiro, o que ganhar dinheiro em 2019, como ganhar dinheiro, ganhar dinheiro pela internet, ganhar dinheiro paypal, ganhar dinheiro picpay, ganhar dinheiro pagando contas, ganhar dinheiro pesquisas, ganhar dinheiro postando videos, ganhar dinheiro programando, ganhar dinheiro por indicação, ganhar dinheiro por dia, para ganhar dinheiro, para ganhar dinheiro extra, para ganhar dinheiro rápido, para ganhar dinheiro no youtube precisa de quantas visualizações, para ganhar dinheiro fácil, para ganhar dinheiro no youtube, para ganhar dinheiro urgente, para ganhar dinheiro simpatias, para ganhar dinheiro jogos, para ganhar dinheiro urgente oração, ganhar dinheiro quinto andar, ganhar dinheiro quinze, ganhar dinheiro quora, ganhar dinheiro questionários, ganhar dinheiro com quinze, ganhar dinheiro quero, ganhar dinheiro respondendo quiz, como ganhar dinheiro quando se é menor, como ganhar dinheiro quando está desempregado, como ganhar dinheiro quando se é jovem, que ganhar dinheiro, aplicativo que ganhar dinheiro, app que ganhar dinheiro, jogos que ganhar dinheiro, tenho que ganhar dinheiro, com que ganhar dinheiro em 2018, ganhar dinheiro respondendo, ganhar dinheiro rapido na internet, ganhar dinheiro revendendo, ganhar dinheiro recebendo email, ganhar dinheiro rappi, ganhar dinheiro respondendo pesquisas google, ganhar dinheiro respondendo email, ganhar dinheiro respondendo pesquisas 2019, ganhar dinheiro sendo menor, ganhar dinheiro steam, ganhar dinheiro sendo afiliado, ganhar dinheiro spotify, ganhar dinheiro sinonimo, ganhar dinheiro site, ganhar dinheiro stardew valley, ganhar dinheiro simpatia, ganhar dinheiro sendo youtuber, ganhar dinheiro sendo cobaia, s para ganhar dinheiro, ganhar dinheiro the sims 4, ganhar dinheiro traduzindo, ganhar dinheiro trabalhando na internet, ganhar dinheiro testando produtos, ganhar dinheiro trabalhando, ganhar dinheiro testando sites, ganhar dinheiro testando jogos, ganhar dinheiro trabalhando pouco, ganhar dinheiro the sims 3, ganhar dinheiro twitch, ganhar dinheiro urgente, ganhar dinheiro usando a internet, ganhar dinheiro uber, ganhar dinheiro usando o celular, ganhar dinheiro uber eats, ganhar dinheiro udemy, ganhar dinheiro usando app, ganhar dinheiro usando o pc, ganhar dinheiro urgente na internet, ganhar dinheiro usando a voz, um ganhar dinheiro, ganhar um dinheiro rapido, ganhar um dinheiro extra com artesanato, ganhar um dinheiro bom, ganhar um dinheiro extra em ingles, ganhar dinheiro vendendo, ganhar dinheiro viajando, ganhar dinheiro vendendo doces, ganhar dinheiro vendo anuncios, ganhar dinheiro vendendo fotos, ganhar dinheiro vendendo na internet, ganhar dinheiro vendo propaganda, ganhar dinheiro vendendo roupas, ganhar dinheiro vendendo laços, gta v ganhar dinheiro, gta v ganhar dinheiro modo historia, gta v ganhar dinheiro na bolsa, gta v ganhar dinheiro online, gta v ganhar dinheiro offline, gta v ganhar dinheiro na bolsa de valores, gta v ganhar dinheiro lester, gta v ganhar dinheiro com ações, gta v ganhar dinheiro depois de zerar, gta v ganhar dinheiro lcn, ganhar dinheiro wish, ganhar dinheiro whatsapp, ganhar dinheiro workana, ganhar dinheiro watch dogs 2, ganhar dinheiro witcher 3, ganhar dinheiro wattpad, ganhar dinheiro waze carpool, ganhar dinheiro wikihow, ganhar dinheiro wordpress, ganhar dinheiro web, ganhar dinheiro youtube, ganhar dinheiro yahoo, ganhar dinheiro yahoo respostas, ganhar dinheiro youtube visualizações, ganhar dinheiro youtube 2018, ganhar dinheiro youtube analytics, ganhar dinheiro no youtube com videos dos outros, ganhar dinheiro zelda breath, ganhar dinheiro zynga poker, ganhar dinheiro na zona rural, como ganhar dinheiro zelda breath of the wild, como ganhar dinheiro zepeto, ganhar dinheiro no zap, ganhar dinheiro pelo zap, como ganhar dinheiro zoo tycoon, como ganhar dinheiro zula, ganhar dinheiro do 0, ganhar dinheiro fifa 07, como ganhar dinheiro cm 01/02, 0 que fazer para ganhar dinheiro, 0 que vender para ganhar dinheiro, oq posso fazer para ganhar dinheiro, o q posso fazer para ganhar dinheiro, ganhar dinheiro 188bet, ganhar dinheiro 18 anos, ganhar dinheiro fifa 19, ganhar dinheiro com 100 reais, ganhar dinheiro em 1 dia, ganhar dinheiro com 1000 reais, como ganhar dinheiro 1xbet, ganhar dinheiro em 1 semana, ganhar dinheiro em 1 hora, como ganhar dinheiro 100 online, the sims 1 ganhar dinheiro, battlefield 1 como ganhar dinheiro, ganhar dinheiro no the sims 1, como ganhar dinheiro no the sims 1, como fazer dinheiro no the sims 1, como conseguir dinheiro no the sims 1, ganhar dinheiro 2019, ganhar dinheiro 2020, ganhar dinheiro 2018, ganhar dinheiro 21 dias, ganhar dinheiro 24 horas por dia, ganhar dinheiro 2018 internet, ganhar dinheiro 2captcha, ganhar dinheiro online 2018, ganhar dinheiro paypal 2018, dota 2 ganhar dinheiro, ets 2 ganhar dinheiro, red dead 2 ganhar dinheiro, the crew 2 ganhar dinheiro, 2 apps para ganhar dinheiro, red dead redemption 2 ganhar dinheiro, standoff 2 como ganhar dinheiro, euro truck simulator 2 ganhar dinheiro, payday 2 como ganhar dinheiro rapido, ganhar dinheiro 2 rodada cartola, ganhar dinheiro 3d, ganhar dinheiro sniper 3d, ganhar dinheiro investindo 30 reais, ganhar dinheiro em 3 dias, ganhar dinheiro sims 3, ganhar dinheiro mafia 3, mafia 3 ganhar dinheiro, the witcher 3 ganhar dinheiro, 3 formas de ganhar dinheiro na internet, the sims 3 ganhar dinheiro, 3 sites para ganhar dinheiro, 3 oração para ganhar dinheiro, 3 formas de ganhar dinheiro, 3 dicas para ganhar dinheiro na internet, forza horizon 3 ganhar dinheiro, 3 aplicativos para ganhar dinheiro no paypal, ganhar dinheiro sims 4, ganhar dinheiro fallout 4, ganhar dinheiro forza 4, ganhar dinheiro gta 4 ps3, como ganhar dinheiro 4life, ganhar dinheiro the sims 4 ps4, ganhar dinheiro the sims 4 pc, ganhar dinheiro no simcity 4, ganhar dinheiro no gta 4 xbox 360, sims 4 ganhar dinheiro, fallout 4 ganhar dinheiro, gta 4 ganhar dinheiro, forza 4 ganhar dinheiro, 4 sites para ganhar dinheiro, 4 passos para ganhar dinheiro com bitcoin, forza horizon 4 ganhar dinheiro, 4 formas de ganhar dinheiro, 4 passos para ganhar dinheiro com bitcoin pdf, 4 sites para ganhar dinheiro na internet, ganhar dinheiro 5 mil, ganhar dinheiro 5 reais, ganhar dinheiro investindo 50 reais, ganhar dinheiro gta 5, ganhar dinheiro gta 5 online, ganhar dinheiro gta 5 modo historia, ganhar dinheiro gta 5 ps3, ganhar dinheiro com 50 reais, gta 5 ganhar dinheiro, gta 5 ganhar dinheiro na bolsa, gta 5 ganhar dinheiro offline, gta 5 ganhar dinheiro online, gta 5 ganhar dinheiro modo historia, gta 5 ganhar dinheiro depois de zerar, gta 5 ganhar dinheiro na bolsa de valores, gta 5 ganhar dinheiro com o franklin, 5 maquinas para ganhar dinheiro, 5 maneiras de ganhar dinheiro, ganhar dinheiro em 60 segundos, ganhar dinheiro gran turismo 6, como ganhar dinheiro aos 60 anos, como ganhar dinheiro em 6 meses, como ganhar dinheiro com 600 reais, 6 sites para ganhar dinheiro, 6 formas de ganhar dinheiro na internet, 6 maneiras de ganhar dinheiro na internet, 6 ideias para ganhar dinheiro, sites para ganhar dinheiro online, melhor site para ganhar dinheiro, qual o melhor site para ganhar dinheiro, ganhar dinheiro forza 7, como ganhar dinheiro em 7 dias, como ganhar dinheiro aos 70 anos, como ganhar dinheiro com 700 reais, como ganhar dinheiro com 70 mil reais, como ganhar dinheiro no forza motorsport 7, 7 aplicativos para ganhar dinheiro, 7 maneiras de ganhar dinheiro na internet, 7 formas de ganhar dinheiro na internet, 7 aplicativos para ganhar dinheiro pelo celular, 7 formas de ganhar dinheiro pela internet, 7 maneiras de ganhar dinheiro, 7 dicas para ganhar dinheiro, 7 simpatias para ganhar dinheiro, 7 passos para ganhar dinheiro, 7 maneiras para ganhar dinheiro na internet, ganhar dinheiro 8 ball pool, ganhar dinheiro 8 ball pool 2019, ganhar dinheiro 8 ball pool 2018, ganhar dinheiro 8 pool, ganhar dinheiro no 8 ball, ganhar dinheiro asphalt 8, como ganhar dinheiro 8 ball pool ios, ganhar dinheiro asphalt 8 pc, ganhar dinheiro no 8 ball pool, asphalt 8 ganhar dinheiro, 8 maquinas para ganhar dinheiro, 8 ball pool ganhar dinheiro, 8 sites para ganhar dinheiro, 8 dicas para ganhar dinheiro com blogs, 8 dicas para ganhar dinheiro com blog, asphalt 8 como ganhar dinheiro facil, ganhar dinheiro 99 pop, como ganhar dinheiro 99pop, como ganhar dinheiro 99, como ganhar dinheiro tendo 9 anos, como ganhar dinheiro com 9 anos, 99freelas ganhar dinheiro,
submitted by ebookrevenda to MarketingDigitalBR [link] [comments]


2019.10.26 19:46 -Galactic_Cat- Continuar os estudos n é para o pobre

Meu pai é autônomo e no meio desse ano ele levou um golpe e limparam a poupança dele, de uns tempo pra cá o negocio começou a ficar apertado em casa...sempre fomos pobres mas o aperto n era tanto, como ele é autônomo é mt importante guardar dinheiro pra quando n ter serviço, entçao já viu né.
Eu comecei a estudar pra vestibular desde fevereiro, era todo dia folgando só em fim de semana, acordar 05:50h e ir pra escola e lá ou tinha professores com aulas horriveis q n gostavam de ser questionados ou vc ia pra perder tempo vendo filmes; chegava 12:45 e tomava um café pra aguentar o cansaço e ia estudando até 16h, 17h; Jantava minha unica refeição do dia, assistia alguns videos, via noticias e ia dormir. Outro dia tudo dnv, n sei se aprendi fisica ou quimica mas certamente me aprimorei em matemática, geografia, historia e literatura
Chega outubro, ano todo a escola anunciando e ponhando pressao pra fazer faculdade, blz fiz a inscrição pra enem e + 2 vestibulares (é tanto questionário q eu nem sei se sou pardo'-' fiz exame de sangue um dia e constou amarelo mas eu sempre fui chamado de preto na escola alem de cabelo de bombril, medo fudido de ser preso por falsidade ideológica e msm n podendo, nunca gastei tanto dinheiro consecutivo na vida). Em novembro a bala vai come solta, ir na escola pra perder tempo, fazer trocentas provas E O PIOR! cada uma em uma city diferente, meu pai tem um carrinho bem acabado q ta na oficina mas eu realmente n sei o q fazer...
Eu estou seriamente cogitando em ter um ataque de panico na sala de aula, falar mil e umas indelicadezas para aquela dona sapa q vive dando esporro e nunca ensinou nada q cai no ENEM! jogar tudo pro alto, tirar as calças e sair correndo, pular o muro da escola e vir correndo até em casa peladãão
submitted by -Galactic_Cat- to desabafos [link] [comments]


2019.10.01 21:28 IntraCampos Comparação Intracampos vs. Católica 20/09

https://i.ibb.co/mCGbDG8/received-509802346482258.png
Finalmente uma nova sondagem saiu hoje de outra empresa que não a Pitágorica. Como se comparam os meus resultados de ontem com os deles de hoje? A única grande diferença é o PS onde eles dão 37% e eu dou 34%. No PSD eu dei 30 e eles deram 30. No BE eu dei 10 e eles deram 10. Na CDU eu dei 6 e eles deram 6. No CDS eu dei 6 (5.5) e eles deram 5. No PAN eu dei 3 e eles dão 3. Nos pequenos partidos julgo que ambas as amostras não sejam suficientemente comparáveis, já que as amostras são pequenas.
Participem no seguinte link do questionário :
https://s.surveyplanet.com/PrLfMI5g
submitted by IntraCampos to portugal [link] [comments]


2019.09.21 21:52 IntraCampos Portugal 2019 - Resultados a 21/09

https://i.ibb.co/3hZGfQk/Untitled41-20190921203908.png
Hoje fiz mais uns ajustes de atualizaçao do modelo. O PSD baixa, apesar de não ter recebido menos respostas PSD que ontem (+-) o mesmo, simplesmente penso que o modelo estava demasiado reativo, e portanto as mudanças estavam a ser demasiado elevadas quando comparadas ao expectável na realidade. Ou seja, o PSD nunca esteve a 27%. Às vezes é preciso ajustar os modelos para impedir desvios da realidade. Como muita gente na Internet votava IL e passou para PSD isso levou a um exagero do PSD que não corresponde de todo ao que acontece na população. Imaginemos, se 10% na Internet votassem IL e 4 desses 10 fossem para o PSD ele iria subir muito mais que na populaçao geral. Assumindo que fosse 1% na população geral, isso levaria a uma subida de 0.4% apenas do PSD proveniente da IL. Tive que ter em conta isso hoje e daqui para a frente também. Criei um novo questionário base, de apenas 10 perguntas que será renovado todos os dias. Portanto todos poderão participar todos os dias. Este é o link de hoje: (removi por um erro numa das perguntas dos questionários). Retornará amanhã.
Infelizmente a imagem ficou deficiente, e como estou no telemóvel não a consigo arranjar.
submitted by IntraCampos to portugal [link] [comments]


2019.06.15 04:56 Dentito Vou me graduar, mas consigo estágio e me sinto culpado.

Arrumando o título: NÃO consigo estágio
Meu curso é em período integral, só tenho o período de manhã livre, e somente a prefeitura oferece estágio que se encaixava nesse horário (das 8-12). Conheci pessoas que fazem estágio na prefeitura e elas disseram que não agrega em nada, nem experiência, e habilidades, só preenchem questionário no turno, estavam pela renda extra, portanto achei que não seria interessante fazer estágio na prefeitura e tive preferência nas empresas privadas, porém ficaria carregadíssimo (8 disciplinas num semestre, estudando dia e noite) além de que as empresas privadas o horário é das (8-14). Então deixei para estagiar no último ano, que estaria mais livre (4 disciplinas e o TCC) e mesmo se eu não conseguisse estágio em privadas, eu tentaria na prefeitura para dizer ao menos que fiz um estágio.
Acontece que mandei currículo para mais de 20 locais de estágio e só consegui uma entrevista, mesmo assim não tiveram interesse em mim, e eu não faço ideia do motivo, será que é porque estou no último ano e querem contrato de apenas um ano ou é a falta de experiência? A prefeitura abriu o edital de estágio, contudo, não abriram nenhuma vaga para o meu curso Ciências Econômicas, e todos anos ele costumam abrir vaga para esse curso. Dei azar de eles não abrirem.
Até minha universidade abriu um edital para inúmeros estágios, porém com o governo anunciando a contingência de gastos em educação, eles suspenderam o edital.
Tudo "conspirou" contra mim e eu estou muito chateado. Meu pai diz que foi culpa minha por não ter procurado estágio antes (aproveitado da prefeitura), mas como eu disse estava carregadíssimo além de que não seria uma experiência valorizada, e eu teria que sacrificar presença em aula na faculdade. Porém, como eu saberia que aconteceria tudo isso? Eu fui inocente? Troquei o "certo" pelo duvidoso? Fico muito frustrado mesmo, pois parece que não tenho competência nem pra conseguir estágio. E com certeza isso vai me prejudicar gravemente no mercado de trabalho. Além de tudo, eu fico me culpando, pois toda vez que converso sobre estágio eu discuto com meu pai.
submitted by Dentito to desabafos [link] [comments]


2019.01.04 14:40 mrBatata O wage gap continua a ser um mito: revisited

Ok no meu último post houve algumas críticas com argumentos bastante sólidos os quais não me foi possível responder atempadamente especialmente por que fui ler os artigos associados. Achei por bem também partilhar com o sub visto que respondendo individualmente ia ser mais moroso e muitos não iam ver pontos contra o meu argumento que partilho em baixo. (Tirei excertos e fiz link das respostas para não ficarmos com uma parede de texto substancialmente maior)
Notas:
(fim das notas)

TL;DR

No post anterior simplifiquei um problema que não é tão linear.
Mas basicamente não encontrei nada que suportasse a ideia de discriminação ACTIVA contra o sexo feminino, contudo o wage gap nos casos em que depois de ajustado ainda existe pode ser explicado pela maternidade e decisões que a antecedem.
A tarefa de ter um filho influencia as escolhas e tempo gasto no trabalho, à medida que a mulher envelhece a wage gap volta a reduzir novamente. Em bastante suma https://youtu.be/13XU4fMlN3w

TL;DR2

Ver ultimo paragrafo #Reflexões

 

Intro

Antes de mais importa esclarecer que tanto o título deste post como o do anterior são propositadamente click-baity em que apesar de ter havido muita gente a ler o meu texto na íntegra houve muitos outros que pouco ou nada leram. Escrevi este post porque acho importante mostrar outros argumentos que não se alinhem com o meu ponto de vista, ou até de outros, especialmente num mar de desinformação e tempo e atenção limitados. O título transmite que o wage gap é inexistente a verdade é um pouco mais complexa como alguns utilizadores apontaram e bem. Eu pelo que li nesta segunda passagem fiquei com uma ideia mais clara do que é que pode estar a acontecer e falo dela no final.
No meu post original centrei o meu argumento em que ajustando para várias variáveis o wage gap começa a desaparecer. Apesar de isto ser verdade não representa a imagem completa mas dá uma ideia de que a frase “as mulheres não recebem o mesmo que os homens” é muito provavelmente falsa. E este era o ponto em que me devia ter apoiado, porque para além disto ser ilegal nos países em que o “Wage Gap” está em vogue, não há (pelo que já li) provas de que isto seja verdade CONTUDO existem outros fatores que a podem tornar verdade. Um deles foi apontado no post gilded do u/davidpinho (em que apresento um excerto)
Tu não leste as tuas próprias fontes, isso é certo. Por exemplo, no artigo sobre diferenças sobre produtividade diz: [...] Uma explicação plausível para a discriminação, se bem que ainda não provada:
This age path suggests that the pay gap between men and women without children but of childbearing age is due to statistical discrimination: if productivity falls with motherhood but employers cannot lower wages when women give birth, then employers may offer lower wages to productive women in anticipation of motherhood
Em que Statistical discrimination significa:
Statistical discrimination is an economic theory of racial or gender inequality which results when economic agents (consumers, workers, employers, etc.) have imperfect information about individuals they interact with. According to this theory, inequality may exist and persist between demographic groups even when economic agents are rational and non-prejudiced.
Isto é uma possibilidade, que falo mais à frente. Os empregadores têm certamente a oportunidade de o fazer. E como indicas:
”Se este tipo de discriminação é aceitável ou não, isso já é outra discussão.”
Deixo também os pontos da conclusão do u/davidpinho que também são bastante pertinentes:
  • Isto é só um estudo, não se pode olhar só para um. A grande maioria dos estudos encontra a mesma coisa: há diferenças de salários depois de controlar por outros fatores, se bem que a diferença é relativamente pequena.
  • Quero fonte para "Em muitos ajustes é a mulher que ganha mais do que o homem pelo mesmo trabalho e com a mesma formação". Não é isso que a maioria da literatura parece mostrar e não deste fonte específica para isso.
Não encontro a que me referia por memória(colocarei se encontrar) sei que já a li há mais de 2 anos. Entretanto:
  • Não podemos assumir automaticamente que há discriminação só porque há uma 'gap' que continua a existir. Pode haver outros fatores que causam as diferenças salariais, mas...
  • ...também não podemos automaticamente assumir que a discriminação não existe só porque a 'gap' desaparece depois de ajustes. Isto acontece porque, por exemplo, é possível que as mulheres tenham mais empregos part-time por serem discriminadas quando tentam arranjar empregos a tempo inteiro.
  • Existindo diferença salarial, é possível que a discriminação seja "racional", tal como foi aludido no artigo (a tal "discriminação estatística"). Se este tipo de discriminação é aceitável ou não, isso já é outra discussão. Isto é para dizer que a discriminação pode existir sem que os empregadores estejam a deitar dinheiro fora, as duas coisas não são mutuamente exclusivas.
  • Conclusão: isto é um assunto complicado e ainda nada está definitivamente explicado, para de mandar bitaites sobre coisas que não leste.
(Sim, não li na íntegra antes de escrever o texto leio várias coisas ao longo do ano é me quase impossível voltar a encontrar o que quero utilizar para justificar o meu ponto o artigo tinha pontos contra e a favor de ambos os argumentos, daí é que o diálogo é bastante importante na minha opinião, graças ao meu post anterior tomei conhecimento de outros pontos de vista que desconhecia. Um “bitaite” não é apenas uma afirmação sem sentido é uma afirmação de uma interpretação da realidade do observador. Não vou deixar de ter uma opinião se não sei todos os factos, contudo admito que a maneira que escrevi o meu post não foi a melhor e transmitiu uma ideia errada)
Algo que me apercebi com o post anterior e uma das razões que estou a fazer este é que isto é um problema que parece bastante simples mas na verdade é bastante mais complexo e envolve várias áreas (economia, política, gestão, biologia, cultura, psicologia (preferências pessoais)) como uma crise financeira este é um problema que não se resolve com um “dá-se mais dinheiro”. E isto é em parte o que irrita mais nesta situação que não é exclusiva ao “wage gap”, tendemos agora mais do que nunca a pegar em assuntos complexos e simplificá-los a um absurdo que deixa de ter sentido e descarrila completamente o debate. Existe também bastante “desinformação” sobre todo o tipo de assuntos (p.e: a própria Forbes fala contra e a favor do wage gap a vox também) e existe também quem espalha e lucra com contra informação (um dos exemplos mais famosos vem da industria de carvão nos EUA a emitir “estudos” que desprovam o efeito estufa e o aquecimento global).
Recomendo verem este curto vídeo sobre este mesmo tema chamado de “cigarros, slots e outras coisas não viciantes”.
 
Todos concordamos no entanto (salvo algumas exceções não devidamente fundamentadas) é que quando se ajusta para vários fatores a “gap” começa a desaparecer.
Em quase todos os artigos que li não vi mencionado é haja qualquer regra que se aplique irá a mesma mudar alguma coisa?
Talvez olhar para soluções para o que vemos como um problema nos possa mostrar de onde ele realmente vem. Vamos assumir então cenários EXTREMOS para termos uma ideia geral para onde as coisas inclinam.
Primeiro cenário:
  • Todas as empresas são obrigadas a ter quotas de sexos
As empresas vão se sentir pressionadas para balançarem produtividade com números, para além de que seria inconstitucional despedir o excesso de homens ou mulheres (sim há empresas com mais mulheres que homens).
Uma empresa de obras por exemplo; imaginemos que têm 100 empregados dos quais 5 são mulheres essa empresa seria agora forçada a contratar 90 mulheres para manter o balanço.
Estas empresas vão querer mulheres que tenham conhecimento de bricolage e construção que consigam transportar e mover cargas pesadas, vamos assumir que a própria empresa nem se importa de oferecer a formação. Existem algumas mulheres fortes que conseguem ser tão produtivas fisicamente como um homem mas quantas é que existem numa população de 10 milhões? Certamente que não estão distribuídas igualmente pelo país. E dessas quantas é que querem trabalhar em obras? A empresa pode forçar os homens a fazer o trabalho forçado e deixar as mulheres fazer o mais fácil mas durante quanto tempo é que isso é sustentável? Uma empresa destas tem de alocar vários empregados para vários locais e certos trabalhos são mais exigentes fisicamente do que outros. A empresa também pode ter as mulheres “encostadas na box” apenas para manter a quota mas isso não só é queimar dinheiro como ia rapidamente tornar-se num pesadelo de discriminação.
Vamos agora ver por exemplo um cabeleireiro; imaginemos que têm 5 mulheres este salão tem agora de contratar 5 homens para lá trabalharem. O salão vai querer contratar gays para manter um ambiente convidativo para mulheres (um cabeleireiro para muitas mulheres(>40 maioritariamente) é como um “fórum” onde podem interagir com outras mulheres, especialmente fora das cidades) Com >1% da população sendo homossexual não vai ser nada fácil para estes negócios encontrarem homens que consigam OU QUEIRAM ser cabeleireiros.
Mas em ambos os casos estas são as menores preocupações que as empresas enfrentam, os custos passam a ser um problema bastante sério. As empresas vão demorar e gastar bastante a treinar os novos empregados e quando os tiverem treinados não vai haver contratos externos/compras/serviços suficientes para ter todos eles a trabalharem logo vão ter de aumentar os preços, ou seja todas as empresas aumentam os preços (isto assumindo que todas as empresas conseguem encontrar pessoas para preencher o trabalho) Quero ver como é que depois convencemos a união europeia a nos dar mais euros para combater a inflação criada. Nem sequer mencionei os trabalhos que requerem formação avançada tipo medicina ou aviação em que as capacidades e não o sexo é que importam.
Segundo cenário:
  • Paga-se mais às mulheres do que aos homens, para fechar o “gap”
Primeiro não sei como é que vão conseguir fazer passar isto pelo tribunal constitucional. Uma solução possível era os homens fazerem menos horas. Isto ia ser no mínimo anedótico. Mas assumamos que passava a acontecer o que é que aconteceria?
Se as empresas tiverem de pagar mais às mulheres para diminuir a “diferença” os homens vão procurar outras formas de fazer mais dinheiro e/ou não se vão dedicar tanto à vida profissional porque não existe um incentivo para isso
Algo que todos sabemos mas parece que nos esquecemos uma parte do que leva homens a seguir empregos bem pagos é que podem usar o dinheiro e podestatus na estratégia sexual (antes de descartarem esta ideia como ridícula pensem em quantas e quais mulheres existem que estão a fim de suportar o parceiro monetariamente? E dessas quais é que querem viver com um homem com um status inferior ao delas?)
A estratégia sexual, na minha opinião, influencia provavelmente mais do que pensamos. Infelizmente não consegui encontrar literatura sobre isto a não ser livros e não estatística.

 

Outro ponto apontado por u/salazarcadositio oi a minha falta de objetividade quando digo que o wage gap é um mito e em que se me estou a referir às falas do "clássico 78 cêntimos do dólar" em que providencia este artigo do washington post.
Ou caso estivesse a dizer que o wage gap era mesmo um mito e não existia de forma nenhuma, em que mencionou o post do u/gattaca_now e que expande:
Sendo uma diferença entre dois valores estatísticos, o wage gap é real e existe. Podes é discordar acerca das razões pela qual ele existe e se são justas ou não, mas a diferença estatística existe, é factual.
A média salarial dos homens é mais elevada que a média salarial das mulheres. Este parece ser um problema comum a discussões de assuntos mais ou menos sérios. Não se define bem do que se está a falar à partida e depois tens pessoas a falar um para o outro mas de coisas diferentes. Já começas a ter muitos exemplos disso nos comentários.
Mas isto é uma discussão importante de se ter. Pelo que vejo do teu post acho que estás a dizer que a noção de wage gap não existe como a ideia de que "para o mesmo trabalho uma mulher recebe 78 cêntimos de dolar de um homem" o que eu concordo em grande parte. Mas aceitas que existem diferenças salariais e que estas advêm de questões culturais e biológicas.
A questão de combater o wage gap, quando abordada de forma séria e para lá do soundbite dos "78 centimos", é essa mesma, que para lá do soundbite dos "78 centimos". As questões culturais que fazem com que assim seja e se elas são legitimas ou se devem ser mudadas.
As horas de trabalho que falas, os tipos de carreiras que predominam mais num sexo do que no outro, e as responsabilidades familiares que as mulheres assumem. São essas as questões culturais que se devem discutir neste assunto.
Muitas vezes este assunto acabe em: "devem existir igualdade de oportunidades entre os sexos mas não igualdade de resultados". E que no panorama geral das sociedades ocidentais isso já se verifica. Eu concordo com a premissa mas discordo que já lá tenhamos chegado.
Alguns exemplos: * As mulheres ainda são quem a maioria do trabalho domestico num contexto familiar. Fonte.
  • Ainda existem fortes estereótipos e expectativas associadas com ambos os sexos que afunilam cada um para certos campos Fonte
  • As mulheres continuam a ser prejudicadas a longo prazo pelo facto de terem filhos Fonte
Todos estes fatores influenciam o tal wage gap que existe. Podemos discutir como sociedade se são fatores que devemos ou não mudar. Se são ou não coisas que se devem deixar á escolha pessoal de cada um com as consequências que isso trará para a sociedade. Essa é a verdadeira discussão a ter neste assunto.
Concordo!
Mas tudo isto não tem em conta a parte mais importante: as diferenças biológicas entre os sexos. Mais concretamente diferenças neurológicas, que são uma surpresa para muitos. Esta explica bem porque é que as mulheres preferem trabalhar com pessoas e os homens com coisas.
Isto está longe de ser aceite como facto. Se tiveres uma fonte gostaria de ler mas nunca vi nada que fosse capaz de ligar a biologia a esses efeitos sociais de forma conclusiva.
Tenho sim apesar de que provavelmente não deveria ter dito a primeira parte.
Com esta merda de querermos ser todos iguais estamos completamente a ignorar as nossas limitações biológicas e culturais e em muitos casos a danificar o progresso que tanto queremos fazer.
Concordo que a discussão precisa de ser melhor mas "esta merda de querermos todos ser iguais" continua no meu ponto de vista a ser um objetivo nobre e bom para a sociedade. As limitações culturais estão nas nossas mãos mudar e as biológicas não parecem ser de todo impedimento para que o façamos.
O “querermos ser todos iguais” é mais o queremos igualdade de resultado ou mais privilégios de forma egoísta.

 

O u/rui278 e outros também apontaram e bem para a questão biológica de Inato ou Adquirido E, isto é, algo que só saberemos em 2066 quando o estudo de Peter B. Neubauer for publicado. Mas por algumas fugas de registros censurados(=redacted) parece que a biologia afecta mais do que o ambiente. Esse psicólogo tem alguns trabalhos bastante interessantes sobre desenvolvimento btw. Entrei novamente numa tangente.
[...]Ou seja, o wage gap não é um problema in of itself, é uma consequencia dos vários problemas de base na nossa sociedade que puxam os homem e mulher para terem posições diferentes na sociedade. Em teoria deveria ser +/- equiprovavel encontrar homens e mulheres na mesma posição (o único fator relevante que diferencia entre homens e mulheres é mesmo as licenças de natalidade, mas lá está, também há uma pressão grande para serem os 6 meses gastos pela mulher, quando splits do tempo deveriam ser perfeitamente normais e também ajudariam a fazer com que isso fosse menos fator).
Eu muito antes disto tudo concordaria contigo na primeira parte (no final estamos de acordo), deveria ser natural encontrar homens e mulheres igualmente distribuídos mas se avaliarmos a nível de estratégia não faz muito sentido. Imagina que éramos todos hermafroditas ou seja podíamos escolher fecundar ou ter bebés; ok aqui era tudo definitivamente igual. Então o que teria mais peso neste cenário? A gestação. Iria requerer bastantes cuidados da pessoa que decidisse dar à luz. Portanto interessa-me várias coisas:
  • evitar situações de risco ao máximo
  • ter um parceiro que me pudesse suportar
  • ter um maior controlo sobre o meu futuro
  • e não ter compromissos
Estas são as regras para ter uma estratégia bem-sucedida quantas menos tiver mais precária se torna a minha posição. Agora isto também depende bastante do parceiro que escolher se ele não se comprometer fico na merda e pior do que estava porque agora tenho um parasita dentro de mim. E na vida real vemos isto todos os dias, as mulheres decidem com quem ter sexo (ou não) e os homens decidem com quem se comprometer. As nossas diferenças biológicas (PELO MENOS SEXUAIS) influenciam as nossas decisões e comportamentos. Claro que isto é oversimplified mas acho que dá para dar uma imagem de porque é que acho que esse é o caso.

 

Quanto ao [comentário]() da u/grilledpotato90 :
Antes de mais, peço desculpa pela formatação, pois estou a escrever no telemóvel. Segundo esta estatística da OCDE (https://stats.oecd.org/index.aspx?queryid=54757) as mulheres portuguesas, no total, trabalham mais 90 minutos por dia que os homens. O que é que isto tem haver com a Gender Gap? Bem, se analisarmos o total de minutos por dia de unpaid labour, conseguimos observar uma discrepância enorme entre géneros (M 96.3 min/dia e F 328.2 min/dia). Eu acho que é aqui que está a origem e a justificação do Gender Gap. Os homens e as mulheres não dividem por igual (50/50) as tarefas domésticas.
Sim! Concordo, vês que as mulheres passam bastante mais tempo em trabalhos não remunerados (232 minutos ou 3 horas e 52 minutos a mais do que os homens ou 5:28 no total (estamos atrás do méxico em n1 e da índia em n2)) do que os homens (que gastam no total 1h:36m) e que os homens passam 141 minutos (2 horas e 21 minutos) a mais do que as mulheres em trabalhos remunerados. E está presente em TODOS os países nessa fonte. O que sugere que poderá ser mais do que um aspecto cultural.
Mas também vejo discrepâncias especialmente na Suécia, na Dinamarca, na Noruega e na Holanda os Homens trabalhem tanto mais em trabalho pago que acabam no total por trabalhar muito mais tempo que as mulheres, estamos a falar de países bastante balançados a nível de sexo. O que é estranho. Será que os homens estão a compensar por algo? Outra coisa, nós também não conseguimos dizer o que tem mais peso no trabalho não remunerado:
Time spent in unpaid work includes routine housework, shopping, care for household members, child care, adult care, care for non-household members, volunteering, travel related to household activities, and other unpaid activities. Sem querer atirar areia à cara porque é absolutamente garantido que as crianças gastam bastante desse tempo, mas quanto?
Isto é um fenómeno cultural que não está certo.
Não está certo porquê? Queremos obrigar as mães grávidas a fazer a mesmas atividades de não grávida para compensar minutos gastos em trabalho não remunerado? É que 9 meses (na verdade 10 porque são 39.1 semanas) é bastante tempo mesmo excluindo os meses iniciais. Quanto desse tempo está incluido nos minutos da OCDE? Não sabemos.
Certamente que não vamos fazer como aos cavalos marinhos e passar os fetos para o pai acabar a gestação. E depois de nascidos quantas mães é que querem que o bebé passe a maioria do tempo com o pai? Isso é justo para a mãe? Neste ponto também me questiono; é justo para os pai trabalhar mais horas laborais do que a mãe?
Antes da entrada da mulher no mercado de trabalho entendia-se, mas hoje em dia, em que as mulheres trabalham as mesmas horas que os homens nos seus empregos é inadmissível!
Os homens trabalham mais. Em todos os países da fonte. E então qual é o problema se as mulheres trabalharem menos horas no emprego? E aqui acho que está outro ponto importante da discussão. O que é que é justo? Certamente que todos concordamos que tanto as mulheres como os homens têm os mesmos direitos. Mas com direitos vêm responsabilidades, e, a meu ver algumas mulheres, partidos políticos e o movimento “feminista de 3.ª onda” têm usado o wage gap como arma de arremesso para dar mais direitos às mulheres com muito menos responsabilidades, ATENÇÃO que não estou a dizer que todas as mulheres subscrevem a esta ideologia muito menos que as mulheres não têm já responsabilidades e dificuldades suficientes estou a dizer que é tudo muito bonito dito mas são basicamente argumentos de casas de cartas. [E este é um ponto que é difícil de expressar e que pode ser mal compreendido.]
"Porque é que as empresas não contratam mais mulheres, já que lhes pagam menos?" pela mesma razão a que continuam a preferir contratar homens a mulheres.
Mas onde está a prova de tal? Não digo que não possa ser verdade O/A u/TomTomKenobi apontou para uma boa thread no wiki do economy e que também fala disso, faz o ponto de que “cannot assume economic outcomes from a deductive approach alone” algo que fui um pouco culpado de fazer no post anterior.
As mulheres engravidam, os filhos estão doentes e elas depois faltam, etc.
O pai também tem direitos paternais nada obriga a mãe a ser ela exclusivamente a tratar dos putos. E se queremos ser justos neste ponto vamos fazer com que os divórcios dêm a guarda ao pai por defeito em vez de à mãe. Uma grande parte desse problema desvanecia. Se os filhos são um problema tão grande e se como sociedade queremos ser tão igualitários porque é que as mães ficam sempre com a guarda dos filhos? Também não acho justo. Porque é que os Telejornais falam tanto de “wage gap” mas não de guarda paternal ou partilhada? Saí numa tangente mas achei que era pertinente levantar este ponto.
O Gender Gap é real porque devido à fisionomia da mulher e ao seu papel social, esta é sempre vista como uma "liability" para a empresa.
Woah calma lá, o Gender gap é real porque a fisionomia da mulher é X é fazer uma grande ligação. Não digo que não possa ser verdade mas a nível de afirmação é um grande salto.
Até têm menos acessos a promoções devido a esta expetativa social.
Isto não é verdade. Os homens são os que mais trabalham para e pedem promoções, e uma coisa que muitas pessoas acham é que uma promoção é equivalente a ganhar mais dinheiro, uma promoção envolve muitas mais responsabilidades mais horas de trabalho e mais stress coisa que as mulheres não estão para aturar. Menos ainda se ainda não tiveram filhos. O que se pensarmos faz sentido. Se eu não tenho um filho ou família e se o meu corpo vai se degradar ao ponto que já não me é possível ter um no futuro não vou dar um “LEROY JENKINS” no meu emprego e perder a oportunidade de ter descendentes.
E antes que venham com “ah e tal mas as mulheres ganham menos em promoções” segundo o “bureau of economic research” americano apesar de haver uma diferença de 2,2% em promoções que já levava em conta as mulheres escolherem mais trabalhos como assistentes e trabalho administrativo que raramente tem oportunidades de promoção e os homens escolhiam mais trabalhos em áreas em que era possível a promoção, importa notar também que este estudo é de 1995
Uma das fontes de onde tirei o seguinte é bastante tendenciosa e não apresenta os dados em avulso mas chega a pontos pertinentes que convenientemente decidem não endereçar. Algo que também importa notar é que isto é um questionário e é americano. Usei para não dizerem que eu pesquiso por aquilo que me é favorável. Eu encontro discrepâncias e analiso.
Fewer women than men are aiming for the very top. Among senior managers, 60% of women said they want to be a top executive, compared to 72% of men. Women were also more likely to cite stress and pressure as one of the biggest reasons for not wanting to hold top positions.
Contrary to popular belief, women are not leaving their organizations at higher rates than men. In fact, women in leadership are more likely to stay with their companies than men. At the senior vice president level, women are 20% less likely to leave. Women in the C-suite are about half as likely to leave their organizations as men.
Women often start out in line roles (defined as positions with profit-and-loss responsibility and/or focused on core operations), but by the VP level more than half of women hold staff roles (positions in functions that support the organization like legal and IT). Men, on the other hand, are more likely to hold line roles at every level of an organization. This difference poses a potential problem because line roles frequently feed into senior leadership.
There's a common misconception that women who start families are subsequently less ambitious in their careers. But mothers in the survey were 15% more interested in being a top executive than women without children.
Very few people participate in flexibility and career-development programs offered by their organizations. More than 90% of women and men believe taking extended family leave will hurt their position at work.
Se os homens dedicarem o mesmo tempo no trabalho doméstico que as mulheres, deixa de haver este problema!
Eu diria que continuaria a existir, já vimos que há muito mais variáveis a este problema, mas concordo que tornava o trabalho das mães muito mais fácil.
Mas agora não venham para aqui dizer que o Gender Gap é mentira quando em todas as entrevistas de emprego me perguntam quais são os meus planos em relação a casar e a ter filhos!
Aqui acho errado e não sei se não poderás reportar isto a alguém. É completamente desnecessário e ninguém tem um caralho a ver com isso a não seres tu.
O/A u/crouchingvenus escreveu:
[...] os que já são pais focam se em melhorar o estilo de vida da família o que implica focarem-se mais no trabalho.
Não achas que isto é um problema? Porque é que são as mulheres incentivadas a dedicar mais tempo à família e os homens ao trabalho?
Não, não acho. Porque ninguém as está a forçar a isso. Se estivessem a ser forçadas sim achava bastante errado. E ninguém é forçosamente incentivado a fazer nada. Exceto as mulheres a seguirem carreiras STEM (ciência(Science), Tecnologia, Engenharia e Matemática) Não achas que isto é um problema? Especialmente quando o quão mais igualitária é uma sociedade menos as mulheres escolhem estas áreas.
Todo o teu raciocínio só reforça preconceitos de género e valores sociais bafientos. Entra em 2019 please.
Por favor elucida-me como. Eu diria mesmo o oposto, se tivermos dados e entendermos os problemas que enfrentamos e os tentarmos resolver é benéfico para todos não achas?

 

O u/DogsOnWeed também mencionou que os homens terem direito de licença de paternidade também ajudaria a corrigir desigualdades estatisticas.

 

Reflexões

O que conseguimos dar como certo:
  • Ninguém aqui quer que as mulheres sejam discriminadas
  • Queremos igualdades de oportunidade
  • O 77 cents on the dollar vem do Current Population Survey de 2009 do Bureau of Labour Statistics US
  • As mulheres trabalham mais em trabalhos temporários (Várias fontes)
  • Os homens trabalham mais horas extra (Várias Fontes)
  • As mulheres tendem a ocupar trabalhos que pagam menos (Várias fontes)
  • As mulheres tendem a escolher trabalhos que não facilitam a promoção
  • As mulheres ganham mais em trabalhos temporários (entre 1 a 34h) por semana do que homens (Bureau of Labour Statistics US)
  • 25% das mulheres e 12% dos homens trabalham em trabalhos temporários (Bureau of Labour Statistics US)
  • 11% das mulheres e 22% dos homens trabalham mais de 41 horas (Bureau of Labour Statistics US)
  • As mulheres que nunca casaram recebem EM MEDIA 5% menos do que os homens (Bureau of Labour Statistics US)
  • As pessoas que trabalham horas extraordinárias recebem cerca de 5 vezes mais do que as que trabalham em part time.(Bureau of Labour Statistics US)
Algo que descobri a investigar para escrever este post foi que segundo dois papéis da Claudia Goldin (este e este) que me foram referidos por esta peça da Vox
É que o wage gap pode ser explicado pelos custos de ter um filho e as curvas nos gráficos do papel e do vídeo parecem ter uma correlação com o aumento da idade média em que as mulheres têm o primeiro filho (Indicato>Dropdown />Mean age of women at childbirth) e que encaixa bem quando vemos que as mulheres mais ricas do mundo têm mais de 55 anos.

 

Enquanto os comentários anteriores dedicaram lógica, dados e contra argumentação outros simplesmente atiraram este papel do World Economic Forum várias vezes com “oh mas este desprova tudo isso” acho que se lerem apenas a introdução entendem logo porque é que não lhe dei o tempo do dia. E não é um estudo é mais é uma aglomeração de valores que esperam que a distribuição de homens e mulheres seja 50:50 em tudo (excepto em taxas de mortalidade por exemplo) algo que outros users foram rápidos a comentar.
Acho também um bocado triste haver comentários com discussão pertinente serem downvoted porque têm uma visão diferente e foi óbvio pela altura em que os downvotes apareceram que foi uma birra de “isto está contra o que eu acredito” “pumba, downvotes para todos”. Não façam isso, downvotes não mudam opiniões.
   
Fontes:
https://www.theguardian.com/world/2018/jul/23/women-lying-earning-more-than-husbands-us-census
https://www.nytimes.com/2018/07/17/upshot/when-wives-earn-more-than-husbands-neither-like-to-admit-it.html
https://www.vox.com/2018/2/19/17018380/gender-wage-gap-childcare-penalty
https://www.payscale.com/gender-lifetime-earnings-gap
https://www.youtube.com/watch?v=13XU4fMlN3w
https://iwpr.org/wp-content/uploads/wpallimport/files/iwpr-export/publications/C350.pdf
https://web.archive.org/web/20101126032209/https://www.bls.gov/cps/cpswom2009.pdf
https://web.archive.org/web/20181130100719/https://arxiv.org/pdf/1703.04184.pdf
http://siteresources.worldbank.org/INTPAH/Resources/Publications/459843-1195594469249/HealthEquityCh12.pdf
http://cep.lse.ac.uk/pubs/download/dp1156.pdf
https://scholar.harvard.edu/files/goldin/files/goldin_aeapress_2014_1.pdf
http://scholar.harvard.edu/files/goldin/files/dynamics_of_the_gender_gap_for_young_professionals_in_the_financial_and_corporate_sectors.pdf
 
Outros comentários interessantes u/TomTomKenobi com este, u/harlequin90 com este e u/agaeme com [este]() em que menciona este video que não consegui ver porque não tenho netflix
Edit: Formatação (raio do reddit e o novo markdown) e ortografia
Edit2: Adicionei TL;DR
submitted by mrBatata to portugal [link] [comments]


2019.01.01 16:56 peidolinx Inscrição indevida

Boas, gostaria que vocês me dessem a vossa opinião ou historias pessoais se já passaram por uma coisa destas, opa e por favor, se derem, leiam tudo até ao fim...há muitas nuances e não vale a pena estar a disparar seja contra mim ou a favor sem ter lido tudo.

É o seguinte:

Estive há um mês a ponderar trocar de ginásio e decidi ir a um FitnessHut experimentar. Quando cheguei, pedi para fazer uma utilização para ver o ginásio onde o colaborador muito "simpaticamente" me disse que não era costume deixarem experimentar mas prontamente se pôs a escrever um contrato de um mês para Janeiro, como pretexto para me deixar entrar e experimentar o ginásio no momento.
A verdade é que podia ter mandado o gajo parar e dizer que não estava interessado mas para ser franco estava tão estupefacto com a puta da lata do gajo que deixei continuar na esperança de no fim de ele escrever tudo eu dizer que não assinava nada e mandá-lo cagar por estar ali com esquemas armado em esperto.

O gajo pediu-me alguns dados simples (que hoje em dia qualquer empresa sabe sobre mim) e o IBAN. Pensei "bem muita empresa aí tem o meu IBAN e não me passa pela cabeça que me cobrem seja o que for sem a minha autorização expressa, seja gravação telefónica ou assinatura e a verdade é que ainda nao me mexi desde que cheguei aqui nem disse nada nesse sentido, nem na caneta peguei" e dei o IBAN, tudo na esperança que no fim o gajo me mandasse assinar e eu dissesse que não e para ele deixar de se armar em esperto.

Eu sei, eu sei que vocês vão dizer: "ai e tal quem se armou em esperto foste tu". Ok, tudo bem, dou isso de barato...mas não me parece normal, ninguem me deu nada para as mãos, não assinei nada, não vi contrato nenhum, vi o gajo a preencher uma folha com uma serie de checkboxes com infos minhas que sinceramente há muitas empresas por aí que as têm.
No fim o gajo levantou-se, deu-me a voltinha ao ginasio a mostrar as coisas e disse que estivesse à vontade, isto tudo sem eu aceitar nada, sem assinar nada, sem tocar em nada. Eu apenas existi naquele momento, mais nada.

"Pronto" - pensei eu - "que se foda... uso, no fim o gajo quer que eu assine e eu digo que não, tá armado em esperto" (mais uma vez dou de barato que eu também estava armado em esperto).

No fim, o gajo ja nem estava la, o segurança abriu-me a porta e eu fiquei literalmente a pensar: " que se foda o gajo deve ter feito mesmo isto só por favor, para eu poder experimentar". - Isto porque até agora, para mim, continua a ser inconcebível que me vinculem seja ao que for sem uma assinatura ou gravação de voz ou algo do gênero.

Passado um dia comecei a receber e-mais a dizer que a partir de Janeiro estaria inscrito e com logins e passwords e o caralho, não abri nada disso. Passado outros dias fazem-me uma chamada, para um questionário "inócuo" de satisfação a clientes Fitnesshut:

Gajo: "Bla bla bla... wiskhas saquetas... são apenas 5 perguntas.... blablabla... inquérito de satisfação do cliente...aceita gravação da chamada?"
Eu: "Sim" (why not???)
Primeira pergunta do Gajo: "É cliente fitnesshut?"
Eu: "Não"
Gajo:"Gajo, mas então.... não é cliente fitnesshut?"
Eu: "Não e para mim a conversa acaba por aqui!"

Conclusão... agora fui verificar os débitos diretos e tenho lá um debito direto do Fitnesshut a começar amanha...
A verdade é que sou um utilizador assíduo de ginásio, os 20 e poucos euros vou gastá-los sempre seja neste ou noutro ginásio. Não acho o ginásio caro, gostei dele e até sei que vai abrir outro ainda mais perto de minha casa.

Tou mesmo aqui indeciso entre aceitar e que se foda ou cancelar já o débito e mandá-los foder.

Quais seriam as repercussões de cancelar o débito e simplesmente cagar neles? Não entendo... não assinei nada, nao dei nenhum aval da minha parte para que isto acontecesse tirando ter tentado ir a um ginásio e experimentar. É estranho, é desonesto e mete-me nojo.




submitted by peidolinx to portugal [link] [comments]


2018.11.19 19:12 Engracaded [LONGO] Preciso desabafar sobre o término do meu namoro com vocês

História longa, mas não tenho mais ninguém com quem falar e estou absolutamente sem chão. Quinta feira, no feriado, em um acesso de raiva terminei com a pessoa com quem eu mais me identifiquei na vida e estou arrasado. Vou contar a história por trás disso:
PARTE 1:
Em meados de Agosto, uma pessoa invadiu uma conta minha e fez um perfil fake no Instagram com fotos minhas sem camisa. Essa pessoa começou a mandar mensagens pra minha namorada assediando-a moralmente. Eu resolvi capturar o IP da pessoa, e pra isso eu pedi a senha dela do Facebook. Com essa senha, eu também acessei o Instagram dela e fiquei de olho pra ver se a pessoa ia criar mais alguma conta pra mandar mensagem pra ela, ou criar outro fake meu. Deu tudo certo, a pessoa parou de nos encher.
Com a senha do Instagram dela, fiquei acessando frequentemente ele. Nesse ponto, confesso que queria ver quem tava curtindo foto dela, comentando coisa indecente, etc, mas, confiante nela, jamais imaginei que iria ver o que um dia eu acabei vendo.
Começo de Outubro: vi que ela tinha postado um stories cantando uma música do Criolo. O instrutor da academia dela (que trabalha no período da manhã na academia, horário em que eu trabalho) respondeu "Criolo! Aí sim" (ou algo do tipo) e ela respondeu "lembrei de você mesmo kkk". Cheguei da faculdade e abri o Instagram dela no meio dessa conversa aí. Conversa vai, conversa vem, ele pergunta "O que você gosta de fazer?" e neste exato momento o Instagram foi desconectado. Verifiquei se havia acesso ao Facebook ainda. Tudo certo. Ela estava na casa dos avós dela nesse dia, então corri pra lá sob o pretexto de não ter o que jantar. Peguei o celular dela enquanto ela preparava janta e ela tinha respondido: "Gosto de ver filme e tomar vinho", no exato momento em que ela trocou a senha. Reativei o acesso ao Instagram pelo Facebook, voltei pra casa e vi o resto da conversa. Ao longo da conversa ela o chamou de "fofinho" e ele a chamou de "neném". Além disso, quando ele falou que ia dormir, ela disse "vá para os braços de Morfeu" e ele respondeu "queria ir pra outros braços". Interpretem como quiserem isso aí.
Fiquei com o coração na mão e passei pela maior crise nervosa da qual eu tinha memória. No outro dia, fomos pra academia e eu tentei disfarçar o quanto eu tava nervoso. Assim que a deixei em casa, ela mandou mensagem pra ele, imediatamente: "dormiu lindamente?". Ele respondeu no final da tarde, porque aparentemente tinha tirado um cochilo à tarde. Minha namorada trabalhava no Shopping da cidade, e como o Shopping fica ao lado da minha faculdade, eu sempre vou lá umas 18h pro horário de intervalo dela. Nesse dia, obviamente, falei que não conseguiria ir. No exato momento, ela mandou mensagem pra ele chamando pra ele ir lá se encontrar com ela. Ele não pôde porque estava indo pra aula, então ela o chamou pra se encontrar com ela em um barzinho, pro qual ela iria com um primo dela. Antes de ela ir, eu a perguntei se ela iria só com o primo dela, pra ver se ela teria coragem de me contar, e ela disse que sim. No final das contas, o instrutor acabou não indo.
Fiquei ainda mais fudido da cabeça com isso aí... e se ele tivesse ido? O que teria acontecido?
Enfim, no outro dia ela disse que iria pra academia de manhã, sendo que até então nosso hábito era ir à tarde. Falei pro meu patrão que eu tava passando mal e precisava sair, e avisei ela que tava indo pra casa pra ela passar lá antes de ir pra academia. Ela foi lá e eu não me segurei. Perguntei mais uma vez se ela tinha chamado mais alguém pra sair, e ela disse prontamente que não. Perguntei pra ela quem era esse cara com quem ela tava conversando. Aleguei que eu vi a conversa somente no dia em que eu fui pra casa dos avós dela jantar, ela ainda não sabia que eu havia reestabelecido meu acesso ao Instagram dela. Ela disse que era só um amigo. Perguntei se eles já tinham combinado de se encontrar fora da academia e ela confessou, meia-bocamente, que tinha ~cogitado~ de sair com ele no dia anterior. Nesse exato momento, terminei com ela pela primeira vez (ainda não contei que eu tinha lido a conversa).
Ela primeiramente aceitou com certo orgulho a decisão, mas pouco tempo depois voltou atrás e disse que iria cortar contato com ele e mudar de academia. Nisso fui fazendo mais perguntas (as quais eu sabia a resposta). Ela mentiu sobre absolutamente tudo. Nisso fiquei tão nervoso, mas tão nervoso, falei muita coisa que não devia e tivemos uma briga terrível. Contei pra ela que tive acesso à conversa dela e que não queria mais. Bloqueei-a em todos os meios possíveis de contato. Ela insistiu muito, muito depois, mas começou a me culpar pela minha reação e por eu ter acessado as conversas dela. Tudo que ela dizia era em relação à reação que eu tive, tentando mudar o foco do problema que tivemos (mentira, alteração da realidade e mudança de foco, gravem isso). Como forma de nos reatarmos, ela jurou me dar acesso às redes sociais dela, inclusive Whatsapp, não malhar mais sem minha companhia e bloquear o instrutor de tudo quanto é forma possível. Por pena, decidi perdoá-la, mas não consegui confiar nela depois.
PARTE 2: Depois de havermos reatado, ela me pediu pra manter acesso privativo pelo menos ao Whatsapp dela. Acatei, porque achei que viver sem privacidade absoluta é uma coisa muito séria, e quando fizemos nosso acordo foi de cabeça quente.
Um dia estávamos em um bar e ela foi ao banheiro e deixou o celular. Peguei o celular e fui ver com quem ela estava conversando. Ela voltou do banheiro, me viu com o celular e ficou SUPER chateada. Entramos em uma discussão relativamente branda, na qual ela me perguntou se "valeu a pena" ter estragado nossa noite mexendo no celular dela. Nisso, eu respondi "não valeu agora, mas antes valeu porque eu descobri ela marcando encontro escondido com outro cara". Ela ficou sem palavras e foi embora. No outro dia, fiquei com remorso (afinal, eu tinha prometido perdoar ela) e fui atrás dela. Mandei mensagem cedo falando pra me avisar quando pudesse conversar. À tarde, perguntei, nessas palavras: "quer lanchar comigo ou ainda não tá afim de conversar?" e ela não me respondeu. À noite também não me respondeu. Liguei pra ela e cobrei uma posição dela, no que ela me respondeu "Você nem me chamou pra conversar!". Nisso aí eu fiquei puto, mas muito puto e falei pra ela exatamente sobre meu convite pra lanchar. Nisso ela me respondeu "Você me chamou pra lanchar, não pra conversar". Fiquei tão possesso de raiva que terminei com ela de novo. Foi humilhação demais pra mim.
Uma semana depois chamei ela pra conversar e confirmei o término. Disse que eu ainda não tinha condições de confiar nela e que estava cansado da mania dela de mudar o foco das nossas discussões, além de mentir e manipular a realidade, o que ela sempre fez ao longo dos nossos 3 anos juntos. Isso na quinta feira. Bloqueei em tudo novamente.
No domingo, não me contendo de saudade, voltei à casa dela e tentei discutir uma forma de voltarmos à paz. Ela tinha elaborado um questionário caso a gente tentasse reatar, e me dispus a respondê-lo. Nisso, veio à tona um assunto que haviamos discutido antes: a vontade dela de fazer um ensaio nu e postar no Instagram, o que eu absolutamente não admito. O diálogo foi exatamente esse, onde eu disse que "não gostaria de ver minha namorada nua nas redes sociais pra todos verem" / "mas você não manda em mim" / "eu mando em mim, e eu não vou aceitar isso" / "quer dizer que você não aceita eu tirar foto pro meu Instagram?" / "Não é sobre tirar foto." / "Você não aceita eu tirar foto e postar, então?"
Fiquei puto de novo (mentira e manipulação da realidade). Não é sobre isso, ela postava, e ainda posta, mil fotos no Instagram todo dia. O problema é o ensaio nu! Pra mim é um absurdo passar por cima de algo tão pequeno, que me incomoda, por conta de vaidade. Pura vaidade. Vamos entrar no assunto da vaidade logo logo. Enfim, nesse momento eu levantei da cama dela e fui embora, já não aguentava mais tanta raiva.
Nessa hora ela surtou, pegou uma faca e começou a se cortar. Nessa hora, nesse momento, eu vi o quanto isso tava fazendo mal pra nós dois. Fiquei ao lado dela até ela se acalmar e me entendi com ela da seguinte forma: nós queremos ficar juntos, nós tivemos nossos erros, vamos aprender com eles e voltar ao namoro que tínhamos antes de toda essa confusão. Ela concordou. Combinamos que quando eu me sentisse inseguro, eu pediria pra ver o celular dela e ela me mostraria. Passamos, incrivelmente, duas semanas de um namoro maravilhoso, até a fatídica quinta feira passada.
PARTE 3 Até então ela havia mudado a senha do Facebook e do Instagram dela, passando por cima do nosso combinado. De forma a restaurar o namoro que tínhamos antes de tudo isso, acatei essa decisão e resolvi me preservar. A senha do celular dela também tinha sido mudada, decisão que também acatei.
Na última quinta feira eu fiquei com o controle do portão da casa dela, o que não é usual. Avisei a ela que iria pra casa dela mais tarde. Mais tarde, ela me mandou um whatsapp: "tá vindo?" e eu não respondi, porque eu tava indo. Cabe ressaltar que sempre que eu vou pra casa dela eu buzino na porta e ela abre o portão de lá de dentro, pelo tal controle. Nesse dia eu só abri o portão e entrei (ela mora em um condomínio com quatro casas, então muita gente abre e fecha sempre). Cheguei na casa dela e juro que ouvi uma expressão de susto dela. Juro pela minha mãe.
Antes de continuar a história, um detalhe: ela sempre, a vida toda, deixou o celular do lado de fora do banheiro pra tomar banho. Sempre esqueceu ele nos lugares.
Nesse dia, eu cheguei e ela estava abraçada com uma gata dela. Eu sou alérgico, então pedi pra ela tomar um banho. Nessa hora, o celular dela tava ligado à caixinha Bluetooth, e a gente passou alguns minutos trocando de música. Sempre que eu pegava o celular dela pra trocar, ela o tirava da minha mão imediatamente. Enfim, ela foi tomar banho. Disse que enquanto ela toma banho, eu poderia conectar meu celular na caixinha. Sugeri a ela que ela deixasse o dela pra eu trocar de música por lá. Ela disse que não, pois no dela, ela que iria trocar de música. Se eu quisesse ouvir música, eu ligaria o meu. Contraditório... Nisso, ela pegou o carregador dela pra levar pro banheiro pra carregar o celular, que tava com a carga cheia. Matei a charada... ela não queria que eu ficasse perto do celular dela. Questionei o porque dela estar levando o celular pro banho e ela disse: "não confio em você perto do meu celular" (detalhe: em todos os dias antes deste, ela deixou o celular fora do banheiro quando ia tomar banho).
Lembra que tínhamos combinado que quando eu quisesse eu pediria pra ver o celular dela? Eu pedi e ela simplesmente disse "não, não vou deixar". Ela tava sentada no vaso nesse momento, quando ela decidiu fechar a porta do banheiro com o celular lá dentro. Falei pra ela não fechar a porta, porque, pra mim, ela queria apagar alguma coisa no celular dela. Ela ficou forçando a porta pra fechar de novo. Eu falando pra ela abrir e ela falando que não.
Falei que pra mim chega. Novamente, bloqueei ela de todas as redes sociais. Só que dessa vez ela me bloqueou também.
O QUE EU SINTO:
Até antes da parte 1 da história, tivemos um relacionamento à beira do perfeito. Tínhamos absoluta afinidade, cumplicidade, sinergia, e planos pro futuro. Todos sinceros, de coração.
Ela sempre clamou que se sentia presa aqui. Nossa cidade é no interior, relativamente pequena. Ela é uma ótima cantora e escritora, e tem que se sujeitar a trabalhar em uma empresa que não gosta pra receber salário mínimo, o que não dá pra fazer nada (ela tem carro e o dinheiro todo vai pra gasolina). Ela estava se sentindo sufocada. Ao meu ver a solução que ela achou foi conquistar curtida no Instagram, dar corda pra quem cobiça ela (ela é muito bonita) e tentar exercitar a vaidade dela acima dos outros talentos dela. Falei pra ela que no próximo ano eu iria me formar, que poderíamos sair daqui, investir em algo pra nos potencializar. Não, ela foi pro rumo da vaidade.
Ela é extremamente simpática e agradável. Todos os amigos com o quais tínhamos contato eram amigos principalmente dela. Claro, agora todos estão do lado dela.
Meus amigos todos têm relacionamentos sérios de longa data.
Eu estou profundamente triste, profundamente amargurado e sem rumo. Eu me sinto com uma capacidade enorme, sensibilidade, tenho boa aparência, sou jovem, falo quase 3 línguas fluentemente, mas não tenho um puto, ando numa motinha 2008 toda fudida e minha auto-estima tá no chão. Além disso, perdi todos esses amigos aí, que no momento nem sei que impressão têm da história.
Eu queria acabar com esse sofrimento, me realizar de alguma forma. A única coisa que me realizava ultimamente era esse namoro com essa pessoa que eu tanto gostei, somente pra descobrir que ela entrou numa espiral sem fim de vaidade. Que as curtidas no Instagram dela valem mais que fazermos um jantar juntos, tomarmos uma cerveja juntos.
Eu tô sem chão...
submitted by Engracaded to brasil [link] [comments]


2018.10.04 17:45 mgsantos Estatística Básica para Pesquisas Eleitorais (ou O que Caralho é uma Margem de Erro?)

Eu tenho visto muita confusão, entre amigos, jornalistas e na internet, sobre como funcionam as pesquisas eleitorais. As pessoas em geral sabem muito pouco de estatística, então é natural que surjam muitas dúvidas sobre como interpretar os resultados das pesquisas, o que podemos inferir deles e o que é impossível de saber olhando pros resultados do Datafolha e do Ibope.

Antes de começar, um disclaimer para os amigos de exatas: eu sei que as simplificações aqui não são 100%, matematicamente, precisas. Mas acho que é melhor explicar por cima e as pessoas entenderem o básico, que ficar colocando fórmula e cálculo e ninguém entender nada. Se alguém quiser se aprofundar é só se matricular em qualquer curso de Introdução à Estatística. Eu recomendo esse canal do Youtube: https://www.youtube.com/channel/UCX6b17PVsYBQ0ip5gyeme-Q

Questionário e Pesquisas Eleitorais
Basicamente a pesquisa é um questionário, no qual você coloca suas informações pessoais (sexo, renda, cidade, cep, cpf) e responde algumas perguntas. Seria simples se o ser humano fosse um computador, mas como não somos existem livros e mais livros escritos sobre como elaborar um bom questionário. Por que? Porque tudo num questionário pode enviesar as respostas dadas e acabar enviesando toda a sua pesquisa.
Questionários enviesados são a melhor maneira de se fraudar uma pesquisa. Um exemplo clássico é das pesquisas que o Maluf encomendava nos anos 1980. A pergunta era em quem você vai votar para governador, aí tinha o nome dele, com uma foto, em primeiro. E os outros nomes, sem foto, sempre embaixo dele. Dava Maluf na cabeça.
Existem maneiras mais sutis de se fazer isso, porque você pode enviesar só o questionário que um determinado grupo recebe. Por exemplo, se a Classe D vota em massa no candidato X, eu posso colocar o candidato Y em primeiro nos questionários que eu dou para quem é da classe D pra enviesar meus votos.
Um bom questionário é aquele que previne duas coisas. Previne os viéses, porque a gente prefere o primeiro nome, o nome maior, o nome mais reconhecido e o que tenha foto). Previne também respostas automáticas, porque a tendência é só ticar tudo rapidinho e sem pensar. Por isso que bons questionários invertem a ordem das perguntas e a ordem das escalas utilizadas (de 1 a 5 na primeira pergunta, de 5 a 1 na segunda)

Amostragem
A coisa mais importante para uma pesquisa eleitoral é ter uma amostragem adequada. Como é impossível se entrevistar 150 milhões de brasileiros, toda semana, para saber em quem eles querem votar, os institutos de pesquisa precisam de uma amostra que seja representativa da população. É por esse motivo que as pesquisas variam muito entre si e quase nunca acertam na mosca o resultado.
Como se faz isso? Primeiro você precisa saber quais as características da sua população. Em resumo: o que é a população brasileira? Quantos % são homens, quantos % são mulheres? Quantas pessoas estão na Classe A e quantas na Classe D? Qual a distribuição geográfica dessa população?
Para saber isso os institutos de pesquisa utilizam o Censo do IBGE mais atualizado. Aí eles tem um retrato demográfico da população brasileira, separando todas as variáveis de interesse. Assim a sua amostra pode ser uma representação, em escala muito menor, da população brasileira.

Tamanho da Amostra e Margem de Erro
Outra pergunta importante é saber qual o tamanho adequado da sua amostra. Uma pesquisa amostral, mesmo seguindo as características da população, pode ser feita com uma amostra pequena demais para ser um retrato fiel da realidade.
Existe uma fórmula matemática para determinar o seu tamanho da amostra. Ela não é importante aqui, o que importa é saber que o número de pessoas da sua amostra (junto com o seu intervalo de confiança, que eu vou explicar em seguida) determina a sua margem de erro. Em termos leigos: quanto mais pessoas eu entrevisto, menor minha margem de erro. Isso é verdade até certo ponto, porque a sua margem de erro sempre vai existir enquanto a sua pesquisa for feita por amostragem.
As pesquisas brasileiras utilizam uma margem de erro de 2% para cima ou para baixo. Para chegar nesse número, que é baixo para pesquisas amostrais, elas precisam entrevistar um número grande de pessoas. Mas qual número? Para uma margem de erro de 2% e um intervalo de confiança (calma, eu já explico) de 5% esse número é aproximadamente 2400 pessoas. Se alguém quiser fazer a conta a fórmula e as explicações estão aqui: https://www.surveymonkey.com/mp/sample-size-calculato
A ideia central é que quanto mais pessoas você entrevistar, mais fiel vai ser o seu resultado e, portanto, menor a sua margem de erro. Geralmente você determina primeiro a margem de erro que você quer e a fórmula (que é bem simples) te dá quantas pessoas você tem que entrevistar.
Agora, isso não quer dizer que sua pesquisa é boa só porque a margem de erro é de 2%. Sua amostra pode ser feita de qualquer jeito, com 80% de mulheres por exemplo, e aí sua pesquisa é um retrato matematicamente fiel, porém completamente enviesado, da realidade.
Uma característica importante, e muito ignorada, da margem de erro é que a distribuição dos erros é randômica. O que isso quer dizer? Que candidatos com 30% de intenção de votos e candidatos com 1% de intenção de votos tem a mesma margem de erro (2%, geralmente). Isso significa que quanto menor a intenção de votos de um candidato, menos a pesquisa consegue captar a intenção de voto na realidade. Por isso que os nanicos tem votação imprevisível (*cries in Marina Silva*).
Intervalo de Confiança
Essa é a parte mais difícil da coisa toda, mas vou tentar ser claro. O intervalo de confiança representa a probabilidade da pesquisa que você fez estar correta. Estatisticamente nada do que a gente faz é 100% confiável. Isso porque toda a estatística é baseada no fato de que eventos possuam uma variabilidade e que o imprevisível pode acontecer a qualquer momento. Se não houver variabilidade, não há probabilidade e, logo, não há estatística. Por isso que exame de DNA não é 100% confiável, é 99,9% ou 99,5%. Não existem certezas quando o assunto é estatística.
O intervalo de confiança é um número que te conta qual a probabilidade estatística da sua pesquisa não ter absolutamente nada a ver com o que você está medindo. A probabilidade, no caso de pesquisas eleitorais, da pesquisa do Datafolha estar completamente errada.
E qual essa probabilidade nas pesquisas brasileiras? 5% ou uma em cada vinte pesquisas.
Esse número é uma convenção estatística, estabelecida no começo do século XX por um cara chamado Pearson, que precisava determinar um número de corte para que uma estatística seja boa ou não. Geralmente se assume que um intervalo de confiança de 5% é bom o suficiente. Por que não 4% ou 6%? Porque é mais fácil calcular com 5% e na época do Pearson não existia Excel. É o famoso p<0,05 que está presente em quase todos os testes estatísticos que a gente vai ler na vida.
Interpretando as Pesquisas
Ok, tudo isso quer dizer o que quando a gente vai ler uma pesquisa? Basicamente quer dizer que a margem de erro é importante pra caralho, mas que ela sozinha não te diz se uma pesquisa é boa ou não. Para saber isso a gente precisa ver o questionário e dar uma olhada na amostragem utilizada. Institutos sérios como o Datafolha e o Ibope utilizam as melhores práticas internacionais, com contas bem complexas, para determinar certinho como fazer uma pesquisa que seja um bom retrato da realidade. Mas existe sempre o risco da pesquisa estar errada (os 5% do intervalo de confiança).
A margem de erro é muito importante. Uma oscilação de 2% pra cima não pode ser interpretada como um crescimento nas intenções de voto. Esse efeito se intensifica quando a intenção de votos é pequena e 2% representa muita coisa. Por isso que não temos nem ideia de quantos votos o Amoedo vai receber. Se alguém falar: você viu que o Amoedo cresceu 2% a resposta adequada não é: nossa, ele está forte demais! É: vamos ver se há uma oscilação acima das margens de erro antes de comemorar e pintar a casa de laranja Itaú.
Isso tudo também quer dizer que é muito fácil você enviesar (por querer, sem querer ou sem querer querendo) o resultado da sua pesquisa. A gente tem que ficar atento para a seriedade do instituto de pesquisa, se a gente confia na amostragem e no questionário que eles utilizaram, se a pesquisa é feita por papel, por telefone ou pessoalmente. Tudo isso vai influenciar os resultados.



submitted by mgsantos to brasil [link] [comments]


2018.09.09 15:58 rotiav Dia das bruxas

Já estamos em setembro. Eu sei, o ano passou rápido... Mas antes de você planejar como vai gastar suas parcelas do 13°, o que vai fazer nos feriados de fim de ano, tem uma última coisa pra decidir.
O que você vai mestrar no dia das bruxas?
Nesta data, dizem que o nosso mundo fica mais próximo do outro (seja lá qual for) e coisas estranhas acontecem. Sua sessão de RPG pode se aproveitar muito bem disso. Então prepare as velas, o sangue falso e a trilha sonora para a noite mais terrível do ano.
Eu geralmente aproveito a data para jogar algum one-shot com amigos, o que me dá a chance de chamar pessoas que nunca jogaram e gostam da temática. Minhas duas escolhas habituais são Dread, jogo que utiliza uma torre de Jenga no lugar dos dados, ou uma versão simplificada de Chamado de Cthulhu, que usa d20 e tem mecânica mais próxima do D&D (visto que é o que eu geralmente jogo com meus amigos).
Dread é ótimo para você roubar diretamente o roteiro daquele filme B de terror que parece ser terrível. O jogo se dá muito bem com a estrutura do cinema:
Predador, alien, until dawn, the thing, psicose, jason, sexta-feira 13... Se aproveite dos filmes de monstro, slasher e dos clichês como jovens em casas de campo, cemitérios indigenas e ruínas misteriosas. O sistema funciona muito bem para isso. Aproveite o tempo até a sessão para preparar o questionário e pedir para os jogadores responderem, te dando tempo de alterar a aventura ao redor deles.
Se você quiser algo mais profundo ou um horror mais sutil ou sofisticado, um sistema com dados pode ser melhor, afinal no Dread se você derruba a torre, você morre.
Você pode jogar CoC, Delta Green e qualquer outro sistema que quiser sem problemas. O importante no jogo de terror é deixar os jogadores limitados nas suas ações. Em CoC, é possível sair no soco com as entidades, mas isso não é nem um pouco efetivo e só irá levar a morte e loucura. Se aproveite de efeitos sobrenaturais e sem explicação, mas tente não abusar das alucinações se os personagens tem alguma forma de escapar delas. Eles precisam de um pouco de esperança antes de encontrar a morte certa.
Esses jogos tem um clima similar com O Bebê de Rosemary. Tudo é estranho, as pessoas, as dicas e pistas e cabe aos jogadores desvendar o mistério e resolvê-lo. Uma experiência simples de halloween envolve lutar contra cultistas, rituais para banir demônios e outras criaturas e enfrentar vilões inteligentes, como vampiros. Filmes de exorcismo e que lidam com espíritos (fantasmas, poltergeists) são ótima inspiração, já que geralmente para expulsar o cramunhão deve-se descobrir o que ainda o mantém preso aqui.
Independente da sua escolha, só tenha cuidado para não tornar sua mesa atrativa demais. Afinal, sabe-se lá o que pode aparecer para participar.
submitted by rotiav to rpg_brasil [link] [comments]


2018.09.04 21:43 __plunkt__ Alguém do sub conhece votação quadrática (Quadratic voting)?

Navegando em modo randômico, encontrei algo que me pareceu interessante. Ainda não consegui ler com calma, então vou tentar resumir o que eu entendi (alerta: pode estar errado).
A votação quadrática é um solução proposta para demonstrar a "intensidade" do voto. Segundo a teoria, isso evitaria diversos problemas como, por exemplo a ditadura da maioria.
Vou tentar explicar com o exemplo e se houver interesse discutimos mais.
Vou utilizar como exemplo um desses questionários políticos comuns em épocas de eleição. Neles, há diversas questões do tipo, concordo/discordo. No método tradicional, onde 1 voto = 1 ponto, ganha a opção da maioria, ou seja, o que a maioria das pessoas votarem.
Ao invés disso, na votação quadrática haveria um total de pontos que a pessoa poderia gastar durante a votação. O número de votos seria igual ao quadrado de pontos que ela quer gastar. Ficou confuso, mas vamos voltar ao exemplo.
Vamos supor cada pessoa tenha 100 pontos de crédito para responder ao questionário. Nele, uma das questões poderia ser:
Você é contra (-) ou a favor (+) do aborto?
Opções: -5,-4,-3,-2,-1,0,1,2,3,4,5
Caso eu opte por 1 voto, eu gastaria um ponto. Mas caso isso fosse muito importante para mim, eu poderia dar 5 votos, bastaria eu gastar 25 pontos. Se eu fosse contra, seria a mesma lógica. Por exemplo, para votar -3, gastaria 9 pontos.
Essa método de votação me pareceu bem inteligente. Pensei até em aproveitar o momento e criar um questionário político utilizando esse mecanismo, mas o prazo é curto pra fazer sozinho.
Se alguém aqui já estudo o método, qual é sua opinião sobre ele?
Coloquei dois artigos de referência em inglês porque não achei nada em português.
Voting Squared: Quadratic Voting in Democratic Politics
Quadratic voting: How Mechanism Design Can Radicalize Democracy
submitted by __plunkt__ to brasil [link] [comments]


2018.08.06 20:00 WhiteWolfOW Pessoal, vocês podem me ajudar respondendo um questionário para o meu TCC?

Eae pessoal, tudo bem? será que vocês poderiam me ajudar com o meu TCC respondendo uma pequena pesquisa? Nosso objetivo é estudar sobre como o jornalismo esportivo pode explorar o crescimento do cenário brasileiro de eSports, para isso estamos realizando esse questionário para entender melhor o que o brasileiro fã de games pensa sobre eSports no Brasil e o que ele sente em relação a cobertura da mídia sobre o assunto. Se possível, também compartilhem com seus amigos, familiares, com seu duo e etc
https://goo.gl/forms/6NGDxzQahTqT3k1l1
submitted by WhiteWolfOW to brasil [link] [comments]


2018.08.02 00:23 WhiteWolfOW Formulário sobre eSports para TCC de jornalismo

Eae pessoal, eu gostaria de pedir a ajuda de vcs com o meu tcc, Nosso objetivo é estudar sobre como o jornalismo esportivo pode explorar o crescimento do cenário brasileiro de eSports, para isso estamos realizando esse questionário para entender melhor o que o brasileiro fã de games pensa sobre eSports no Brasil e o que ele sente em relação a cobertura da mídia sobre o assunto. Contamos com a sua participação para o sucesso do nosso trabalho e o desenvolvimento dos eSports no Brasil, se possível, também compartilhem a publicação com seus amigos, duos e etc
submitted by WhiteWolfOW to leagueoflegendsbrazil [link] [comments]


2018.02.04 20:07 GrifoCaolho A Grande Lista de Materiais Gratuitos

A Grande Lista de Materiais Gratuitos

Galera, como eu sei que RPG pode ser um assunto complicado na hora de botar a mão no bolso - minha coleção é restrita a um único sistema por isso - ou ainda importar, eu fui construindo uma pequena coleção de materiais disponíveis gratuitamente ao longo do tempo. Eu vou tentar fazer o melhor pra categorizar tudo por aqui, e vou aceitando sugestões e editando o comentário original para botá-las por aqui. Além disso, estou me atendo a RPGs que conheço ou já joguei, evitando recomendar coisas que eu não faço idéia da procedência.
Sem mais delongas, vamos ao começo de nossa lista.
SISTEMAS E INTRODUÇÕES
Embora seja possível jogar RPG apenas com uma rodinha de amigos (ou até sozinho) e sem acessório algum, existem sistemas muitas vezes idealizados e testados para atender as mais diversas necessidades dos mestres e jogadores. Aqui, vamos trazer os sistemas gratuitos (e algumas edições gratuitas de sistemas pagos) que podem acelerar sua partida no universo dos RPGs.
GURPS Lite - Trazendo a sardinha pro meu lado, GURPS é um sistema com a proposta de ser genérico e universal, com as mesmas regras para diferentes cenários e modularidade entre diversos materiais. O Lite é um manual curto (34 páginas) disponibilizado pela própria editora, já em português. Vale a pena dar uma olhada e ele usa apenas D6 (os famosos dados comuns que todo mundo tem em casa).
Open D6 - Todos os livros básicos do OPEN D6 são gratuitos (e alguns do extras, como o de magia, também). O sistema é bem genérico, com três versões principais (Medieval Fantástico, Moderno e Ficção Científica), simples de usar e, novamente, usa apenas dados comuns (os de seis faces). Infelizmente, eu nunca achei tradução disso, mas um inglês básico já ajuda bastante. Esse mesmo sistema é a base de um dos mais famosos e bem sucedidos RPGs de Star Wars, então "pode confiar que é raça forte".
Icons - Aqui já saindo da categoria "coisas que joguei" e entrando em "coisas que vejo a galera jogar", o ICONS é um sistema que promete entregar aventuras de super-heróis - um gênero razoavelmente forte nos RPGs (o GURPS, meu RPG de coração, tem o Supers, e existe o Mutantes & Malfeitores, sistema especificamente criado para isso). Mais uma vez, o sistema usa apenas D6, então é ótimo para se usar no conforto do lar sem desembolsar uma grana em dados chiques.
Gumshoe - Investigativo, bom para quem curte filmes de detetive (não filmes de espião; nesse caso, ver o OPEN D6 Adventura ou o GURPS mais acima). Mais um sistema que usa apenas o D6. Uma coisa bem interessante sobre o GUMSHOE e a parte das investigações é que você consegue pegar a idéia geral do sistema e levar para outros jogos, fazendo a coisa fluir com mais diversão; é uma má prática fazer os jogadores se sentirem frustrados ao não resolver um mistério que seus personagens deveriam conseguir resolver, e o GUMSHOE lida bem com isso!
FATE Core - O FATE é um dos sistemas que eu mais vejo gente babando ovo atualmente (especialmente no /rpg; nem tudo é D&D na vida!). Eu nunca usei, e conheço poucos jogadores no Brasil, mas sempre escuto coisas positivas sobre a agilidade, versatilidade e facilidade de uso - então, creio que valha mais do que a pena dar uma olhada. Aviso aos navegantes: ele é "pay what you want", então rola pensar um pouquinho ou testar o sistema pra decidir quanto vai pagar! Além disso, o silverfuji trouxe também que existe uma versão traduzida oficial, só que paga; o preço é razoavelmente bom e fica a dica para quem tiver interesse!
RISUS - Esse é outro que entra na categoria "nunca vi um jogador, mas sei que a galera fala muito bem de diversos aspectos do jogo". Eu recomendo por ser inteiramente gratuito e pela promessa de ser genérico, flexível e sem demora; ainda assim, não é algo que tenho tanta propriedade para falar quanto os primeiros da lista.
Dungeons & Dragons - "Mas GrifoCaolho, esse é um RPG caro e clássico do caramba! Como assim?" - veja bem, não é porque eu não gosto que é ruim e é pago. As regras da quinta edição e manual para jogos rápidos são disponíveis gratuitamente como uma introdução ao sistema, sendo bem importante para você se decidir logo se o D20 (dado de 20 faces) é a sua praia. Não é a minha, particularmente, mas a imagem dos RPGs no mundo é a do icosaedro, e a fama do D&D não surgiu à toa! Além disso, existe material legal e gratuito em português, para satisfazer as necessidades de todo mundo que está com a mão coçando para rolar um D20, junto com as regras básicas de jogador para download (ATENÇÃO: É UM ARQUIVO ZIPADO). Dica especial sobre o material em português vindo do CallsignRogueOne.
Grin - Não seria um tópico meu sem a tentativa de enfiar algo alternativo. Como Castelo Falkenstein não é gratuito, eu vou recomendar Grin, que é um RPG de Terror que usa cartas de baralho para lidar com as situações. Mantém tudo sempre tenso, como um bom jogo de terror deveria, e é no mesmo esquema de FATE: pague o quanto quiser.
FUDGE - Modular, universal e genérico; promessas que GURPS e RISUS trazem, mas com abordagens diferentes, e agora, também o FUDGE. Com um esquema particular de dados (que pode ser improvisado com dados genéricos) e a promessa de flexibilidade e poucas regras, traz um nível de customização intenso. No entanto: eu nunca joguei, e, dando uma olhada no livro de referência (disponível no link), ele é muito mais pesado para o mestre na ausência de material adicional, cabendo a ele determinar regras que serão usadas ou não, realizar otimizações e equilibrar o sistema. Eu diria que ele é amigável a jogadores iniciantes, mas não mestres, com essa olhada rápida. Sugestão de rlapprentice.
3D&T (Defensores de Tóquio) - "Defensores de Tóquio" é um produto do RPG Nacional, que iniciou uma boa galera no mundo do RPG. Com uma postura um pouco menos rígida em relação a regras e um sistema mais simples (porém ainda assim elegante), o sistema já conta com versões mais atuais. A terceira edição, no entanto, um verdadeiro clássico brasileiro, pode ser encontrada gratuitamente em sua versão digital. Dica do dexterjedi!
Old Dragon - um retroclone (versão modificado de uma edição antiga de outro sistema) de AD&D (Advanced Dungeons & Dragons), o sistema é gratuito para teste via endereço da própria editora. É possível comprar o conteúdo completo caso haja interesse, mas a versão disponível deve satisfazer a necessidade de personagens até o 20º nível! Outra dica mais do que especial do dexterjedi!
Pathfinder - ainda na linha de "o que podemos fazer para melhorar um clássico", Pathfinder veio como uma versão modificada do D&D 3.5 (uma das edições mais icônicas do sistema). Usando o mesmo famoso D20 de D&D e outros sistemas reconhecidos, o SRD (System Reference Document) é liberado e configura o esqueleto daquilo que é necessário para jogar com o sistema. Uma adição especial de Chapolin_Colorado!
FERRAMENTAS ADICIONAIS
Com um bom sistema, meio caminho já está andado - mas ainda assim, sobram diversas lacunas para preencher. Como dar nome aos personagens? Como assegurar que isso ou aquilo não vá dar rolo na minha aventura? Como acelerar o longo e demorado processo de criação envolvido no GURPS que o GrifoCaolho adora? Qual uma boa idéia de masmorra para conhecer o jogo? Essas e outras necessidades são atendidas mais abaixo!
The Same Page Tool - Das coisas que mudaram minha "carreira de mestre" para melhor, essa talvez seja a mais significativa. Um problema relativamente chato de lidar com grupos maiores e com pessoas nem tão conhecidas é atender às necessidades de cada um e gerenciar conflitos. O melhor modo de fazer isso é, obviamente, não ter conflitos; esse pequeno questionário (com exemplos e tudo) foi criado no intuito de garantir que os jogadores e o mestre tenham uma idéia clara do tipo de jogo e grupo que esperam ao entrar em uma aventura ou campanha, já abordando as expectativas de cada um e o que será permitido ou não na mesa. Muito interessante para novatos e extremamente útil mesmo para mestres mais antigos.
Donjon - Um dos melhores e mais completos geradores de nomes, personagens, mundos e quase tudo que se pode imaginar. Bom para quando aquele jogador da sua mesa perguntar o nome da taverna ou do cara que vendeu o escudo para ele ou qualquer coisa do tipo. Eu sempre sugiro um pouco de cuidado ao usar essa ferramenta: vale a máxima de Ben Parker ("com grandes poderes, vem grandes responsabilidades"); o gerador não é um substituto para a imaginação, mas sim uma ferramenta para agilizar o processo.
Hexographer - Com uma versão gratuita e uma versão completa (mas paga), é uma ferramenta intuitiva para a criação de mapas em unidades hexagonais (padrão de alguns sistemas, como o GURPS). É bem útil para trazer um conceito à vida, e possibilita um enriquecimento do cenário - só não passe mais tempo desenhando que jogando.
Inkarnate - Com recursos gratuitos para a criação de mapas e não restrito a grades hexagonais, o Inkarnate ainda está sendo atualizado e testado mas já se prova uma ferramenta extremamente útil para a criação de mapas de território. Recomendo fortemente.
D&D Adventure - Recursos gratuitos em geral, com o foco em aventuras (ah vá!) para Dungeons e Dragons. É um repositório rico e muitas das aventuras aqui podem ser adaptadas para outros sistemas com alguma facilidade.
GURPS Character Sheet - Como eu não consigo passar dez minutos falando de RPG sem falar de GURPS, essa ferramenta é o "ó do borogodó" para agilizar a criação de personagens em GURPS. Gratuita e com suporte para diversos módulos, ela tem uma interface não muito intuitiva em um primeiro momento mas ajuda pacas depois de alguns curtos minutos de aprendizado.
Dyslexic Character Sheet - Como as pessoas costumam me lembrar depois de dez minutos: existem outros sistemas que não GURPS, como o consagrado Dungeons and Dragons! Para facilitar a vida do mestre e, em especial, auxiliar na criação de fichas para Pathfinder e D&D, o Dyslexic Character Sheet oferece muitas facilidades! Inteiro em inglês, com opção para tradução parcial da ficha para o português! Outra dica do dexterjedi!
Token Stamp - Montar miniaturas e arranjar fichinhas para todos os personagens e encontros da mesa pode ser complicado, e é aí que entra o token stamp. Rápida e intuitiva, essa ferramenta possibilita a criação de tokens (pequenas fichinhas para representar monstros, personagens e afins) sem dores de cabeça, podendo ser usadas tanto em mesas virtuais quanto impressas. Indicação de Gammaliel!
PLATAFORMAS ONLINE PARA JOGAR
RRPG Firecast - Uma plataforma nacional e gratuita que antecede o famoso Roll20, o RRPG Firecast é constantemente atualizado e possui uma comunidade ativa no FaceBook. Muitos dos recursos mais avançados estão por trás de uma assinatura premium e há alguma restrição para usuários comuns, mas jogar em mesas de usuários premiuns libera todas as funções para uso naquele jogo. Uma boa pedida, com anos de história e extremamente variada.
Roll20 - Com algumas parte já traduzidas para o português, o Roll20 é a ferramenta mais poderosa e intuitiva disponível gratuitamente para o uso de mestres e jogadores ao redor do mundo. Há grande presença de mesas internacionais, mas é possível encontrar mesas brasileiras com alguma pesquisa. Dica: tenho a impressão que esse é "o futuro", então vale a pena aprender a usar!
AVISO
Eu sei que a lista está incompleta (bem incompleta, na verdade), mas a intenção é que isso cresça com o tempo e dê origem a um arquivo de recursos aqui da comunidade. Conto também com vocês para enriquecer o tópico e trazer sugestões!
submitted by GrifoCaolho to rpg_brasil [link] [comments]